Configurando Motorola K1 para acessar internet Oi

1 – Menu
2 – AcessoWeb
3 – Sessões Web
4 – Nova Entrada

5 – Preencher como abaixo, sem aspas:

Nome: “oi WAP”
Página principal: “http://wap.oi.com.br”
Tipo de Serviço 1: “WAP”
Proxy 1: “200.222.108.241
Porta 1: “9201”
Domínio 1: “”
Tipo de Serviço 2: “WAP”
Proxy 2: “200.222.108.241”
Porta 2: “9201”
Domínio 2: “”
DNS 1 : “000.000.000.000”
DNS 2: “000.000.000.000”
Tempo Expirado: “2 minutos”
CSD No 1: “*600”
Nome de Usuário 1: “oiwap”
Senha 1: “oioioi”
Velocidade (bps): “14400”
Linha Tipo 1: “ISDN”
CSD No. 2: “*600”
Nome de Usuário 2: “oiwap”
Senha 2: “oioioi”
Velocidade (bps): “14400”
Linha Tipo 2: “ISDN”
GPRS APN: “wapgprs.oi.com.br”
Nome de usuário: “oiwap”
Senha: “oioioi”

6 – Concluir
7 – Marcar como padrão

Anúncios

Clientes da Oi poderão receber R$ 500 por mau atendimento em MS

Os consumidores de Mato Grosso do Sul que se sentiram mal atendidos pelo Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) da empresa de telefonia Oi (Brasil Telecom) poderão receber R$ 500, conforme decisão judicial proferida neste mês. A Superintendência de Proteção e Defesa ao Consumidor (Procon/MS) vai receber as reclamações dos clientes a partir desta semana e a Justiça irá avaliar quem poderá ter direito ao ressarcimento.

A determinação foi dada em caráter liminar pelo juiz Amaury da Silva Kuklinski, da Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Homogêneos de Campo Grande. O valor é referente a uma multa que a empresa terá que pagar por cada atendimento fora das regras estabelecidas pelo Decreto n.º 6.523/2008, em vigor desde 1º de Dezembro de 2008.

Segundo informações do Ministério Público Estadual (MPE), um inquérito aberto pelo órgão no ano passado apurou que, no atendimento do SAC, a empresa descumpre várias regras estabelecidas pelo decreto, como exceder o tempo máximo para o consumidor entrar em contato com os atendentes e fazer constantes transferências de atendentes, principalmente quando o consumidor quer cancelar um serviço.

Reclamações
Para ter direito ao recebimento do valor, o consumidor deve ir até a unidade do Procon/MS para fazer a reclamação. No órgão, será montada uma petição que será encaminhada ao juiz.

O superintendente do Procon em Mato Grosso do Sul, Lamartine Ribeiro, lembra que para entrar com o pedido o consumidor precisa obrigatoriamente ter o número do protocolo do atendimento feito pelo SAC, para que seja possível a comprovação da alegação.

Lamartine explica ainda que o valor será depositado em um conta judicial. “Os consumidores poderão sacar o dinheiro apenas após o fim do processo”, esclarece o superintendente.

Ainda segundo o superintendente, a  determinação é válida para os clientes da Oi (Brasil Telecom) em todo o estado.

Oi
A assessoria da empresa informou ao G1 que até o início da tarde irá divulgar nota sobre a decisão judicial.

Serviço
O Procon/MS de Campo Grande fica localizado na rua 13 de Junho, na região central da cidade. Para mais informações ligue para (67) 3316-9800.

 

Fonte: http://g1.globo.com/mato-grosso-do-sul/noticia/2011/05/clientes-da-oi-poderao-receber-r-500-por-mau-atendimento-em-ms.html

Oi–Crédito grátis não existe

A Oi agora está com a campanha APARELHO GRÁTIS NÃO EXISTE.

Verdade. Não existe mesmo.

Só que a Oi também cometeu seu deslize, seu momento ENGANA CONSUMIDOR.

Plano OI FAMÍLIA À VONTADE 300.

Funcionava assim:

VOZ + DADOS – DESCONTO = VALOR DO PLANO

139,90 + 69,90 – 80,00 =  129,80.

 

Agora, que não dão mais DESCONTO, ficaria assim:

84,00 + 49,00 = 133,00

 

Ou seja, se havia desconto, não era de R$ 80, 00 como mostravam, mas sim de apenas R$ 3,20.

ONFS.

Oi irá testar rede 4G em julho no Brasil

image

SÃO PAULO – A operadora Oi anunciou, hoje, [18/03/2010], em São Paulo que iniciará testes de redes de quarta geração no Brasil ainda no primeiro semestre deste ano.

De acordo com a tele nacional, os testes usarão redes móveis do tipo LTE (Long Term Evolution), uma evolução das atuais redes 3G. Atualmente, a Oi fornece serviços 3G que podem atingir até 7 Mbps.

Embora não tenha divulgado como funcionará sua rede 4G no Brasil, conexões com tecnologia LTE são capazes de oferecer conexões móveis de até 30 Mbps em países que já a adotam, como Estados Unidos e Japão.

Para montar suas primeiras redes 4G no Brasil, a Oi convidou quatro fabricantes internacionais de hardware, a Alcatel-Lucent, Nokia, Huawei e ZTE.

A experiência da Oi é interpretada por especialistas em telecom como uma forma da operadora credenciar-se para disputar os leilões de freqüência 2,5 GHz, que a Anatel deve realizar ainda este ano. Este leilão deverá liberar faixas para que as primeiras teles nacionais ofereçam redes móveis de alta velocidade.

O objetivo da agência reguladora é que as teles privadas tenham serviços estáveis de 4G em funcionamento ate 2014, ano da Copa do Mundo do Brasil. O grande fluxo de turistas para as sedes da Copa e o trabalho do staff de organização e cobertura jornalística da competição devem impulsionar o tráfego de dados em redes móveis no período.

A Oi, no entanto, ainda não divulgou as cidades onde os testes serão feitos, pois aguarda um estudo que irá identificar os locais onde não haverá problemas de interferência com serviços de TV paga via rádio (MMDS), que atualmente utilizam a freqüência de 2,5 GHz.

Apesar do desejo das teles e da Anatel de ter redes 4G estáveis em funcionamento até 2014, ainda há muitos problemas nas atuais redes 3G. De acordo com entidades de defesa dos consumidores, como Proteste e Procon-SP, os serviços de redes 3G são líderes de queixas dos consumidores.

Entre as principais reclamações estão o alto custo das conexões, falhas e intermitências nos tráfego de dados e indisponibilidade de rede 3G em muitas áreas do país.

Fonte: http://info.abril.com.br/noticias/tecnologia-pessoal/oi-ira-testar-rede-4g-em-julho-no-brasil-18032011-38.shl

Nokia X6 como modem 3G

Esses dias todos com pacote de dados 3G no meu Oi, e só agora estou navegando a todo vapor.
O detalhe é que a configuração padrão do celular é para utilizar rede dupla, alterando de UMTS para GSM automaticamente.
Assim como acontece nos modens 3G, precisamos forçar o equipamento a utilizar somente 3G, sob pena de ser escolhido GSM por ter sinal mais forte. Era isso que vinha acontecendo no meu celular.

Após consultar o manual e perceber que meu celular nunca usava a rede 3G, fiz as configurações abaixo, resultando numa velocidade média de download igual a 30 Kb por segundo.

1º – Menu
2º – Configurações
3º – Conectividade
4º – Rede
5º – Modo de rede
6º – UMTS

E pronto.

Liminar concedida

RONDÔNIA
PODER JUDICIÁRIO
COMARCA DE JI-PARANÁ
1ª VARA DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL – JIPARANÁ
Rua Martins Costa, 249 – Bairro: Vila Jotão – Ji-Paraná / RO – Telefone: 34215128

DECISÃO

Ação: Procedimento do Juizado Especial Cível

Processo n. 1003808-80.2009.8.22.0005

Promovente: João Paulo Alencar

Promovida: Brasil Telecom S/A.

Pretende a parte requerente a reinstalação da linha telefônica (69) XXXX-XXXX, bem como a disponibilização do plano Pluri 276 pelo valor contratado. Esclareceu que, além da requerida não ter cumprido o contrato, ainda procedeu ao cancelamento da referida linha. Há pedido de antecipação de tutela.

Tratando-se de ação que discute a validade e exigibilidade de contrato e/ou dívida, no todo ou em parte, é possível a concessão de liminar para a reinstalação da linha telefônica (69) XXXX-XXXX e a liberação do plano Pluri 276.

Além de relevante o fundamento invocado, é impossível ignorar que, a não concessão da medida será extremamente gravosa à parte requerente, se for deferida apenas ao final, caso seu direito seja reconhecido; em contrapartida, o deferimento não significará prejuízos à parte credora, que poderá cobrar por seus serviços.

Entretanto, a liminar abrangerá exclusivamente as questões tratadas neste processo e enquanto pendente a demanda.

Ante o exposto, determino, seja cientificado a empresa requerida BRASIL TELECOM S/A. para que PROCEDA A REINSTALAÇÃO DA LINHA TELEFÔNICA (69) XXXX-XXXX COM A LIBERAÇÃO DO PLANO PLURI 276 para o requerente, no prazo de 05 (cinco) dias, até final julgamento da lide, sob pena de multa diária no valor de R$ 100,00 (cem reais), até o teto que fixo em R$ 3.000,00 (três mil reais), sem prejuízo de ser revista caso se torne desproporcional à finalidade do instituto. CASO NÃO SEJA POSSÍVEL O INTEGRAL CUMPRIMENTO DESTA DETERMINAÇÃO POR AUSÊNCIA DE ALGUMA PROVIDÊNCIA DA PARTE REQUERENTE, JUSTIFIQUE-SE NO MESMO PRAZO.

RATIFICO a data designada para a realização da audiência de conciliação, instrução e julgamento. Cite-se e intime-se, com urgência e expeça-se o necessário, dando ciência do inteiro teor deste à requerida, inclusive teor do Enunciado 53 do FONAJE.

Ji-Paraná, 09 de novembro de 2009.

MARIA ABADIA DE CASTRO MARIANO SOARES LIMA
Juíza de Direito