JotaPêAh!

Chico Buarque e a maldade humana

Ao contrário do que dizia Jean-Jacques Rousseau sobre os selvagens bonzinhos do mato, nós, pós-índios da cidade, somos muito ruins.

Malvados, mesmo, desde criança.

A maldade, como já disse aqui, está no DNA do ser humano, se não se expressa cotidianamente, está aí quietinha, pronta para dar as caras.

E não dá mais as caras porque as convenções sociais contêm ao menos um pouco esta ruindade intrínseca –aquela que faz o menino tacar fogo no rabo do gato, a menina arrancar o olho da boneca, o motorista jogar o carro pra cima do pedestre ou o assaltante matar a vítima que não reagiu– tornando-nos aparentemente inofensivos.

Só aparentemente.

Porque nada como uma boa dose de anonimato, ou alguma situação em que a pessoa não se expõe direta e pessoalmente diante de sua vítima, para que muita gente coloque as manguinhas de fora.

O universo da internet é, portanto, terreno mais do que fértil para que essa maldade cresça e floresça, muitas vezes de forma exagerada e gratuita – e quem transita por aqui, como eu, sabe exatamente do que se trata…

Mas quem descobriu isso há pouco e ficou absolutamente chocado foi o cantor e compositor Chico Buarque de Hollanda.

Praticamente uma unanimidade nacional da MPB (como escritor, andou atraindo críticas injustas ultimamente), detentor de uma legião gigantesca de fãs ardorosos, sobretudo do sexo feminino, eis que ele se expôs recentemente ao fantástico mundo da interação digital.

E se deu muito mal.

Um vídeo que circulou esses dias traz um relato do artista em que ele manifesta seu espanto por ter descoberto um monte de gente que não gosta dele e que faz questão de deixar isso agressivamente bem claro, por meio de posts em um site sobre o seu novo disco.

No filmete, Chico lembra que o artista em geral vive num mundo em que se sente amado, há os aplausos, o carinho do público nas ruas, mas que na internet o bicho pega.

"Eu não sabia que o jogo era esse. Na internet as pessoas falam o que lhe vem à cabeça. Na primeira vez, fiquei espantadíssimo. Você descobre que é odiado!".

Ele diz isso entre o espanto propriamente e um riso bem nervoso, lembrando posts que diziam "este velho!" ou "olha o que o álcool faz com a pessoa".

O vídeo, de fato, é hilário, naquela linha de seria cômico se não fosse trágico, trágico pelo menos para o Chico.

Mas além de nos proporcionar alguma diversão, ele, Chico, deixa uma lição: "Você vai fazer o quê? Existe muita raiva, e você vai ficar com raiva de quem está com raiva? Melhor deixar pra lá…".

E arremata com uma observação muito, muito boa…

Vale a pena dar uma olhada no vídeo.

 

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/colunas/luizcaversan/941003-chico-buarque-e-a-maldade-humana.shtml

Anúncios
Deixe um comentário »

Coluna da Folha 26-05-2011 – José Simão

BUEMBA! BUEMBA! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República!
“Após 11 anos do crime, Pimenta Neves é preso.” Mas JÁ? Pra que essa pressa toda?
E o Rubinho sumiu! “Procura-se tartaruga perdida, grande estima, com a família há 18 anos. Gratifica-se bem!” Quem tava tomando conta da tartaruga, o Suplicy?
E o Corinthians quer contratar novo técnico: o Palófi! Assim já começa com 20 pontos a mais.
E esta da Folha: “Sexo oral dá câncer na boca”. Como disse uma amiga minha: “Por que não avisaram isso ontem?”. Sexo oral dá câncer na boca! Errado. Sexo oral dá cãibra na boca! Rarará! No máximo pode dar LER: lesão por esforço repetitivo! E sabe como se fala sexo oral em Minas? Chupar um queijo! Rarará!
Não dá pra fazer mais nada: beber dá ressaca e cirrose, transar dá Aids e churrasco dá colesterol. Viver dá câncer!
E o fim do mundo? E aquele monte de americano panaca esperando o fim do mundo? Que não veio! Diz que foi o Sarney que cancelou o evento: “Como fim do mundo? Eu ainda tenho 50 mandatos pra cumprir”. E estão adiando tanto essa data do fim do mundo que vai acabar sendo sediado no Brasil, no estádio do Corinthians.
E o discurso do Obama? Folha: “Obama quer Estado palestino com as fronteiras de 1967!”. “Piauí Herald”: “Obama quer Suzana Vieira com o traçado de 1967”. Quando ela ainda tinha 82 anos.
Sensacionalista: “Após plano de paz para a Palestina, Obama tem nova missão: quer que o Serra dê um abraço no Fernando Henrique”. Rarará!
E eu já sei o que vão perguntar pro Palófi na CPI: “Como o senhor conseguiu multiplicar tudo por 20? Nós também queremos!”. Rarará! É mole? É mole, mas sobe!
E por que eu sou contra a CPI? CPI quer dizer Comissão de Perguntas Imbecis. Na última CPI um deputado perguntou: “Qual o seu modess operandi’?”. O meu modess operandi é o Sempre Livre!
E outra pergunta que eles gostam de fazer: “O senhor leu a “Veja” esta semana?”. Rarará! Quem gosta de CPI é telejornal!
E adorei esta: “Ministro tunisiano para a juventude anuncia demissão pelo Twitter”. Mas é o ministro perfeito pra juventude. Não pode pedir demissão! Rarará! Nóis sofre, mas nóis goza.
Que eu vou pingar o meu colírio alucinógeno!

Fonte: http://www2.uol.com.br/josesimao/colunafolha.htm

1 Comentário »

Coluna da Folha – 11/05/2011 – José Simão

BUEMBA! BUEMBA! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República!
Direto do Planeta da Piada Pronta: “Homem marca encontro pela internet e descobre que é a própria namorada”. Em que cidade? ONTÁRIO! Rarará! Outra: “Pancadaria marca jogo entre 13 e Botafogo no campeonato paraibano”. Como é o nome do estádio? AMIGÃO! Rarará!
Pancadão no Amigão! E o pensamento do Tio Dino do Twitter: “Jesus Cristo só conseguiu reunir 12 apóstolos porque não tinha Twitter”. Se tivesse Twitter ia ter mais seguidor que o Luciano Huck!
E o nome do novo líder do Al Qaeda? Ayman al Zawahiri. COMO? Por que esse povo não muda o nome pra Zé? Tenham pena da Fátima Bernardes. Que tá com a língua mais enrolada que rabo de porco!
E o site Comentando revela as cenas do vídeo do Bin Laden vendo TV. “Senhor Osama, tem um pessoal aqui na porta querendo entrar pra falar com o senhor”. “PÔ, logo agora que eu acabei de instalar TV a cabo com pay-per-view e tudo, vem um pessoal me perturbar. Pede pra esperar um pouco, Mariamehd. Vamos ver o que tem na TV. Faustão. Esse não. Gugu, esse também não! Silvio Santos: Ah, não. Eu brincava de estalinho e esse cara já tava na TV. Fantástico! Só desgraça, eu desisto, só tem bomba, MARIAHMED, deixe o pessoal entrar”. Rarará!
E essa bem infame: o Obama tava jogando buraco com o Bush quando o Bush bateu e disse: “Obama, me passa o morto”. “Impossível, joguei no mar”. Rarará! E o site QMerda lançou o troféu Ai Que Vergonha Alheia: uma bandeira do PSDB, uma camisa do Palmeiras e um CD do Luana Santana cantando o Hino!
A Eguinha Pocotó morreu! A Lacraia virou purpurina! Vai, Lacraia. Não, não! VOLTA, LACRAIA! O Brasil tá careta! Uma amiga minha quando viu a Lacraia dançando no Faustão, deu alta na terapia: “Isso que é ser feliz sem culpa”. A Lacraia rebolava mais que minhoca em anzol. Alias, a Lacraia rebolava mais que o Mick Jagger! A Lacraia era a versão funk do Mick Jagger. Rarará!
Eu adorava a letra de Eguinha Pocotó: “Minha eguinha pocotó, pocotó, pocotó”. Letra é pro Bob Dylan! Aquelas letras de três metros de papel! E no Rio tinha uma boate gay chamada O Buraco da Lacraia. Vai Lacraia! A Lacraia era um desenho animado! E já imaginou São Pedro dançando o funk do “Levanta o Camisolão”?! Rarará! Nóis sofre, mas nóis goza.
Que eu vou pingar o meu colírio alucinógeno!

Fonte: José Simão – Site Oficial – UOL.

Deixe um comentário »

Coluna da Folha – 20-04-2011 – José Simão

BUEMBA! BUEMBA! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República! E o site Comentando mudou o nome do PSDB: Partido dos Sem Documentos e Bafômetro.
E sabe o que o Roberto Carlos vai cantar nos seus 70 anos? “Jesus Cristo, eu AINDA estou aqui.” Rarará! E esta: “Campanha do Desarmamento paga arma na hora”. Vão começar a roubar arma pra vender pro desarmamento. Rarará!
Páscoa Urgente! Olha a placa: “Vendo ovos de Páscoa. Falar com Ovídio”. Rarará! Semana do sofrimento: Tiradentes enforcado na quinta, Cristo crucificado na sexta e foram todos pra praia. Não vai sobrar ninguém em São Paulo pra gente dar uma coelhada rápida? Semana Santa: menos ovo e mais galinhagem!
E amanhã é Tiradentes. Ninguém mais sabe quem é Tiradentes. Perguntaram prum menino na escola: “Você sabe quem é Tiradentes?”. “Sei, Tiradentes é um feriado.” Isso! Tiradentes é um feriado. Tiradentes foi enforcado, esquartejado e salgado porque não queria pagar imposto, o Quinto! Por um quinto, ele foi enforcado. Se fossem os impostos de hoje em dia, ele seria passado numa máquina de moer carne. Virava hambúrguer. Almôndega! Quibe mineiro! Tiradentes devia ser o padroeiro dos brasileiros: todo mundo com a corda no pescoço! E os impostos no Brasil não são altos. Nós é que somos baixos. Rarará!
E sabe o que Cristo falou pros apóstolos na Santa Ceia? “FICA, VAI TER BOLO!” Rarará! Aliás, sabe o que Cristo falou pros apóstolos na Santa Ceia? “De sobremesa, nós vamos ter quindim.” E os apóstolos: “MAS NÃO ERA BRIGADEIRO?”. Rarará!
E diz que o garçom perguntou pra Cristo: “Cada um paga a sua ou o Senhor vai pagar a conta toda?”. E tinha garçom na Santa Ceia? Claro! Você acha que era self-service? Por quilo? Quilão! E sabe por que não tinha japonês na Santa Ceia? Porque ele tava tirando a foto! A foto dos apóstrofos, como diz o Lula. Rarará! E sabe o que Jesus disse pro crucificado da direita? “Chega mais perto pra sair no santinho.”

E eu blasfemo, mas sou católico apostólico baiano. ACREDITO EM TUDO! Eu sou devoto de Nosso Senhor do Bonfim! Um dia fui pra igreja do Bonfim com uma amiga, entrei, ajoelhei e fiz o sinal da cruz. E ela: “Mas você não disse que era ateu?”. Sou ateu místico! E eu tô devendo uma promessa pra São Judas Tadeu até hoje! Nóis sofre, mas nóis goza! Que eu vou pingar o meu colírio alucinógeno!

Fonte: http://www2.uol.com.br/josesimao/colunafolha.htm

Deixe um comentário »

Coluna da Folha – 19-04-2011 – José Simão

BUEMBA! BUEMBA! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República! Confirmado: Ganso será o novo reforço do Corinthians. Assim que engordar 45 quilos. Rarará!
E o pintor Gustavo Rosa vai fazer um retrato da Dilma baseado no Abaporu. Então vai ser o AJABURU! Rarará! E a paniquete Dani Bolina no programa “Mega Senha”? Errou no Tico e Teco. Conseguiu. Em vez de falar Tico e Teco, ela falou Tic e Tac! Neuronicida! O cérebro dela faz tic-tac, tic-tac, até explodir!
E o BAFO DO BAFÔMETRO! O bafo do Aécio! “Aécio pego na blitz da Lei Seca! Com carteira vencida. E se recusa a fazer o teste do bafômetro.” Bombou no Twitter. Tá todo mundo dizendo que ele é a nova Garota Devassa! E infringiu a lei porque é seca, se fosse líquida, ele bebia! Rarará!
“Bafômetro não. Bota um gelinho aí.” E uma biba disse que o Aécio é a nossa Paris Hilton. Rarará! O nosso Charlie Sheen! E ele dirigiu Minas com carteira vencida? Rarará! Começou bem a oposição: infringindo logo duas leis! Vai concorrer à Presidência com 14 pontos a menos.
E aí o guarda parou a loira numa blitz: “Carteira Nacional de Habilitação”. E a loira: “Não tenho e nem sei o que é”. “IPVA.” “Não tenho e nem sei o que é.” E o guarda, irritado, abriu a braguilha e mostrou o pingolim: “E isto aqui, sabe o que é?”. “Ah, não, bafômetro de novo?!”
E eu acho que o Aécio Neves tem bafo de onça!
Páscoa Urgente! Me segura que eu vou botar um ovo quadrado! Um ovo-bomba! A Volta do Túnel de Ovo! Existe coisa mais constrangedora do que aquele túnel de ovo no supermercado? Você tem que fazer compra de quatro, de gatinhas!
E a comercialização da Páscoa é tão grande que um menino perguntou pro pai: “Pai, Cristo era um coelho?”. Era! E fez a multiplicação dos ovos de Páscoa no Carrefour! Chega de ovo! Menos ovo e mais galinhagem! Rarará!
E esta é a origem do ovo de Páscoa: o coelho comeu a galinha. É verdade! O coelho encontrou a porta do galinheiro aberta, entrou, deu uma rapidinha na galinha e nasceu o ovo de Páscoa!
E um amigo me disse que não compra ovo pra ninguém porque tá devendo até os ovos! Eu também! Se alguém me pedir um ovo, eu me finjo de surdo: “Não tô ovindo nada! Não ovo nada”. Nóis sofre, mas nóis goza! Que eu vou pingar o meu colírio alucinógeno!

Fonte: http://www2.uol.com.br/josesimao/colunafolha.htm

Deixe um comentário »

Coluna da Folha – José Simão 13-04-2011

BUEMBA! BUEMBA! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República! Adorei a placa numa estrada no Ceará: “Bem-vindo a Facão”! Ué, no interior de Minas não tem “Bem-vindo a Tiros”? No Ceará é bem-vindo a facão!
E sabe porque o Falcão aceitou ser técnico do Inter? Pra se livrar do Galvão. Rarará! Pelo menos no Inter ele consegue falar!
E os cem dias da Dilma? O melhor resumo dos cem dias da Dilma é a charge do Tiago Recchia: “Presidente Dilma, Lula na linha 3”. “Diga que depois eu retorno.” E sabe como se chama a correspondente da Rede TV! na China? Ana Paula Chinoca! Rarará. Chinoca é China para os íntimos. Dilma na Chinoca. A Dilma tá muito chique. Mas de casaco vermelho tá parecendo uma lata de extrato de tomate. Elefantinho da Cica! Rarará! A Dilma tá parecendo o Elefantinho da Cica! Rarará!
E a China autoriza importação de carne de porco do Brasil. Já sei, vamos exportar palmeirense em caixinha do China in Box!
E o Bono? O Bono já é coisa nossa. Tem a cara do Dunga e óculos do Waldick Soriano! Do Reginaldo Rossi! Rarará. E uma amiga me mandou um e-mail: “Foto com Bono!” Aí eu abri o e-mail e era uma foto dela beijando um pacote de bolacha.
E aquele cambista na porta do Morumbi com a camiseta: “U2, Eu Vou!”. E aquela perua no camarote Vip: “Quem tá cantando?” Rarará! E as fotos do camarote Vip? Passaram laquê no sorriso!
E uma amiga empresária se encontrou com a Dilma na China e disse que ela tem um aperto de mão de ferramenta morsa. Sabe aquele torno de bancada?! Rarará! E essa direto de Rio Preto: “Mulher passa veneno na vagina pra matar marido durante sexo oral”. A Perereca Assassina! A Venenosa! Como dizia a Nair Bello: “Que coisa, hein!”.
O Brasileiro é Cordial! Mais uma do Gervásio. Olha a placa na empresa em São Bernardo: “Se eu descobrir quem foi o cusparolo daqui que escarrou na persiana da minha sala, vou arrancar as amígdalas desse Shrek sebento com uma colher de pedreiro enferrujada no estilo doutor Fritz. Conto com todos. Assinado: Gervásio”. E um colega escreveu embaixo: agora me deu medo. Rarará! Nóis sofre mas nóis goza.
Hoje só amanhã.
Que eu vou pingar o meu colírio alucinógeno!

Fonte: http://www2.uol.com.br/josesimao/colunafolha.htm

Deixe um comentário »

%d blogueiros gostam disto: