Viva La Vaca!

Terça-feira montamos uns móveis para o Evanilson, instalamos a TV 32″ dele e…só.
À noite, viemos para a casa da Tia Rosa.
Hoje, quarta, é mais do chove chuva.
Chove.
Para.
Sai sol.
Chove outra vez.

Hoje finalmente saiu a foto do nosso jantar no Viva La Vaca.
Como não sei quanto tempo as fotos ficam disponíveis, já fiz minha cópia.

Viva La Vaca é Show!




Anúncios

Super segunda

Segunda agitada, apesar de tudo.
Saímos de casa uma da tarde em direção ao Shopping Iguatemi.
Fomos ao cinema assistir Fúria de Titãs em 3D.
Muito supimpa de legal.
As personagens e os objetos parecem que vão sair da tela
Um filme interessante, com personagens conhecidos, tais como:
– Caronte, o barqueiro que atravessa as almas para o mundo dos mortos.
Na novela América, depois que o Tião cai do touro Bandido, ele tem um encontro com Caronte.
O diálogo era mais ou menos assim:
Tião: Que lugar é esse?
Caronte: É o Rio das Almas.
Tião: E quem é você?
Caronte: Eu sou o barqueiro que atravessa as almas.
Não sei do resto, pois não assisti ao capítulo, apenas à chamada. Uma pena.
No dia 9 de outubro de 2009, postei um texto extraído da Wikipedia sobre Caronte. O link é esse.

– Medusa, aquela que transforma as pessoas em pedra.
Essa parte me fez lembrar das “artes” feitas em Senador Pompeu sobre algumas fotos dos parentes.
Os cabelos que eu criei para a Rrô são quase as cobrinhas da Medusa.



– Também foi mencionado o Leão da Neméia, parte da mitologia greco-romana, que Hércules teve que derrotar em um de seus Doze Trabalhos.

– E por último, porém não menos importante, o Kraken. Um monstro da mitologia escandinava (no filme mesclado ao contexto grego), e que aparece no filme Piratas do Caribe: O Baú da Morte.

Muito bem.
Depois do filme fomos às lojas.
Comprei apenas três itens.
A mãe não encontrou nada interessante.
Ficamos por lá até umas sete horas da noite.
Depois fomos para o Viva La Vaca jantar. Mega rodízio.
Um lugar muito bacana.
Comemos muitíssimo.
Pedimos uma torre de refrigerante. Dois litros e meio. Bebemos quase tudo.
Comi arroz com camarão, coxa de faisão e moqueca de arraia. Além das outras carnes e comidas.
Pra voltar pra casa foi uma via sacra até chegar ao ponto certo e do ônibus certo.
Chegamos em casa 23:45.

Como saber se alguém é de Fortaleza

Você é de Fortaleza ??

1. Você acha que o melhor perfume do mundo
é “cheirinho de chuva” ?
2. Você chama um amigo de “macho” ou “fí
duma égua” ?
3. Você elogia dizendo “Ave Maria” ?
4. Você sabe o
que é “fulerage(m)” ?
5. Tem alguma idéia do que seja “botar boneco” ?
6.
Quando você não quer mais alguma coisa você “rebola no mato” ?
7.
Trocou na hora um “véi macho” por “uma loura” ?
8. Você entende um
“deixa de ser besta” como uma frase amiga ?
9. Chamar alguém de
“abestado” pode ser um tratamento carinhoso ?
10. Você usa agasalho a
25º C ?
11. Se junto muita gente, você diz para os amigos “Pense na
mundiça” ?
12. Você gosta de sorvete de tapioca ?
13. Sabe o que é
uma mulher “Buchuda” ?
14. Você é capaz de dormir e até trabalhar
numa rede ?
15. Acha que o ano inteiro sem chover pode ser apenas uma
“sequinha besta” ?
16. Você sabe o que Vírgilio Távora tem a ver com
Estados Unidos ?
17. Você come pelo UM carioquinha todo dia ?
18.
Almoçar nas “barracas” pode não ter nada a ver com acampar ?
19.
Você sabe o que quer dizer “O Vovô comeu o Leão” ou vice versa ?
20.
Você acha normal ter um solzinho lindo desses 365 dias por ano ?

de
16 a 20 – Você é de Fortaleza
de 11 a 15 – Você é pelo menos
cearense
de 6 a 10 – Você já morou no Ceará
de 1 a 5 – Você é pelo
menos brasileiro
Zero pontos – Você é de Americana (SP) e jura que a
capital do Ceará é Natal…

Respostas:
1. Você acha que o melhor perfume do mundo é “cheirinho de chuva” ?
R.:Essa não tem muito o que explicar. Quando começa a chover e as primeiras gotas caem na terra quente, ocorre uma evaporação leve, que levanta um cheiro de terra molhada. Notem que aqui dificilmente a chuva começa grossa, geralmente ele começa fina e aumenta. Eu mesmo adoro o cheiro de chuva

2. Você chama um amigo de “macho” ou “fí duma égua” ?
R.:Como no Rio dizem “rapá” ou em São Paulo “ô meu” por aqui dizemos muito “macho”, e “fí duma égua” tanto pode querer dizer que o cara é chato como pode querer dizer que o cara é gente boa.

3. Você elogia dizendo “Ave Maria” ?
R.:Ave Maria = UAU !!

4. Você sabe o que é “fulerage(m)” ?
R.:Coisa sem qualidade, vulgar. Dizer que algo é “fuleiro” é dizer que algo não presta.

5. Tem alguma idéia do que seja “botar boneco” ?
R.:Botar boneco é talvez o termo mais dificil de traduzir… muita coisa pode ser configurada como “botar boneco”. A mais comum é dar trabalho a alguém, dizer que alguém “botou boneco” geralmente quer dizer que a pessoa fez ou se meteu em algum tipo de encrenca. Pode variar de algo legal a algo terrível, dependendo da situação em que é aplicada.

6. Quando você não quer mais alguma coisa você “rebola no mato” ?
R.:Reboal no mato = joga no lixo

7. Trocou na hora um “véi macho” por “uma loura” ?
R.:Essa aqui eu mesmo não sei direito

8. Você entende um “deixa de ser besta” como uma frase amiga ?
R.:Se você se desculpa com alguém por achar ter feito algo que foi prejudicial, atrapalhou ou chateou alguém. Se a pessoa responder com um “deixa de ser besta” quer dizer algo como “nem esquenta” ou “não tem porque se desculpar”

9. Chamar alguém de “abestado” pode ser um tratamento carinhoso ?
R.:Esse eu não concordo muito, ficou popularizado com a pior coisa que o Ceará já produziu o Tiririca… mas como quase tudo aqui, pode-se dar a conotação que quiser a esta palavra, é uma questão de contexto.

10. Você usa agasalho a 25º C ?
R.:Quando você está acostumado a viver em uma temperatura média de 33ºC, 25º é frio para algumas pessoas… principalmente na periferia.

11. Se junta muita gente, você diz para os amigos “Pense na mundiça” ?
R.:Mundiça = aglomeração de pessoas. “Pense na mundiça” = “Você nem imagina como estava cheio”

12. Você gosta de sorvete de tapioca ?
R.:Essa não tem o que explicar… é só ir a qualquer sorveteria natural daqui que você toma sorvete feito com goma de tapioca.

13. Sabe o que é uma mulher “Buchuda” ?
R.:Buchuda = Grávida

14. Você é capaz de dormir e até trabalhar numa rede ?
R.:Eu durmo mais de rede que de cama… sem contar que já perdi as contas que fiquei no quarto, trabalhando com o notebook no colo, dentro da rede 😉

15. Acha que o ano inteiro sem chover pode ser apenas uma “sequinha besta” ?
R.:Na década de 80, nós enfretamos 5 anos de seca por aqui… como o com humor é algo natural do cearense, a turma já tira onda.

16. Você sabe o que Vírgilio Távora tem a ver com Estados Unidos ?
R.:Uma avenida muito conhecida aqui em Fortaleza, era a Av. Estados Unidos, no final da década de 1980, ela foi rebatizada com o nome de um dos maiores políticos que o Ceará já teve, Virgílio Távora. Mesmo já tendo se passado mais de 15 anos da mudança de nome, *muita gente* ainda a chama de Av. Estados Unidos.

17. Você come pelo UM carioquinha todo dia ?
R.:Carioquinha = Pãozinho francês de 50 gramas (na Bahia é chamado de chibatinha)… o motivo é que é dourado por fora, tem casca grossa e miolo mole (eu não compartilho desta opinião, amigos cariocas).

18. Almoçar nas “barracas” pode não ter nada a ver com acampar ?
R.:A “Praia do Futuro” é uma parte da orla cearense que tem vários restaurantes a beira mar. No começo todos, 30 anos atrás, eles eram feitos de taipa, coisa bem artesanal, de pescador. Daí ganharam o nome de “barraca de praia”. Com o tempo eles foram se modernizando, e transformando em restaurantes, mas não perderam a alcunha de barraca de praia… Por exemplo, a Lounge Beach é chamada de “barraca” para todos os efeito, a despeito do luxo.

19. Você sabe o que quer dizer “O Vovô comeu o Leão” ou vice versa ?
R.:Vovô é o Ceará Sporting Club, o time mais tradicional do estado, por ser o mais antigo, tem o apelido de Vovô. Leão é o Fortaleza “não-sei-o-quê-mais”, que tem o por simbolo o felino, o porquê desta viadagem eu não sei.

20. Você acha normal ter um solzinho lindo desses 365 dias por ano ?
R.:Se for época de seca é normal .Fonte: Ueba

Praia, praia, praia

Isso que é domingo.
Eu, Thiago e mãe saímos umas nove horas.
Fomos à Praia de Iracema.
Tiramos enes fotos, inclusive da própria Iracema, com sua barriguinha saliente.
Depois, fomos para a Praia do Futuro I, e ficamos no ambiente Cuca Legal.
De acordo com a conta, exatos 272 minutos.
Isso desde a hora que fizemos o primeiro pedido, até que fechamos a conta..
Depois ainda ficamos por ali, até sairmos para pegar conchas.
Peguei uma meia dúzia de três ou quatro.
Caminhamos quilômetros em busca delas.
O Thiago deve ter pego vários quilos.

O Beach, que era sexta, passou para hoje, ficou para domingo que vem.
O shopping e o cinema amanhã.
Além da praça da estação.
Contagem regressiva da última semana.

As fotos das praias estão  aqui.

Mais Ceará

Sábado, 22-05-2010, pela primeira vez em vários meses, fui à igreja.
Igreja bacana, com ar condicionado.
Muito confortável.
À tarde ficamos em casa até umas cinco horas.
Cansados de fazer nada, resolvemos dar uma volta à beira-mar.
Que chique.
Fomos sem nenhum acessório.
Vimos o sol se pôr.
As ondas do mar quebrando na praia.
Um som encantador.

À noite saímos com o Thiago e o amigo dele.
Fomos ao centro cultural Dragão do Mar e depois à Ponte dos Ingleses.
Descobri um recurso interessante na minha câmera, que consegue captar melhor as luzes, não deixando a imagem escura, mesmo sem o flash.
As imagens ficam um pouco “estranhas”. Diferentes. Dá um efeito artístico, de pintura.
As imagens abaixo foram tiradas da parte condenada da ponte e usando o recurso descrito.
O clima estava muito agradável, pois soprova uma brisa fresca.
Estar no meio do mar é muito supimpa.


 




Até um certo ponto, a ponte é de madeira. Depois é de alvenaria. Só que um dos lados da ponte de alvenaria despencou no mar.
Abaixo estão fotos da parte da ponte que “ainda” não caiu.






Pretendo voltar lá de dia pra tirar mais fotos.
Para finalizar a noite, comemos umas pizzas no Habbib’s.
Parece que domingo tem praia no roteiro.
Caminhar vários quilômetros pelo litoral.

Todas as fotos estão aqui.

Morrer tantas vezes

A falta do que fazer é terrível.
Em um desses momentos, resolvemos descer rolando um monte de areia próximo ao rio.
Quando tivemos a brilhante ideia: vamos fazer um enterro.
Deixamos então, aflorar nossa veia artística nas duas fotos abaixo.
Teve até choro.

 

 

Comovente.
Paulinho gostou tanto da ideia,
que resolveu fazer a própria cova.
Tentou, pelo menos.
Ou estava tentando nadar, não sei.



Chove chuva…

… choverando.
Hoje acordei cedo. Umas seis e quinze.
Fui montar uma mesa de computador para o Evanilson.
Quase um quebra-cabeças.
Ele já está quase terminando de pagar as enes parcelas e ainda nem tirou o computador da caixa.
Eu tirei.
Já montei a mesa, e instalei o computador.
Só tem um problema: ele não liga.
Garantia nele!
Depois que a chuva parou fomos à luta.
Praça José de Alencar, Theatro José de Alencar, Praça do Ferreira, Praça dos Leões, Praça da Sé e Mercado Central.
Nos demoramos mais no Mercado Central.
Um prédio muito bacana.
Só a disposição dos logistas que é meio bagunçada.
Uma praticamente em cima da outra.
Aliás, como as casas daqui também são.
Compramos um chaveiro de letra J, um porta-retrato da Iracema, uma camiseta de Fortaleza e uma caneca.
Nos demoramos tanto que almoçamos por lá mesmo.
Não comemos nada fora do normal.
Deixarei as extravagâncias pra depois.
Chegamos em casa quase duas da tarde.
Só a capa da gaita.
Agora é aguardar o Evanilson pra saber pra onde vamos hoje a noite. 

ceara.jotapeah.com