JotaPêAh!

Alemão desaparecido pode ter sido vítima de canibalismo na Polinésia Francesa

em 17/10/2011 11:23:32

Fonte: http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/internacional/2011/10/17/alemao-desaparecido-pode-ter-sido-vitima-de-canibalismo-na-polinesia-francesa.jhtm

 

imageO marinheiro alemão Stefan Ramin, 40, fazia a viagem de seus sonhos em uma ilha na Polinésia Francesa, no Pacífico Sul, até que tudo virou pesadelo um mês atrás.

Ao lado da namorada, Heike Dorsch, 37, ele havia ancorado seu barco em Nuku Hiva, para participar de uma tradicional caça às cabras na ilha de cerca de 2.000 habitantes.

No entanto, após sair para caçar com um guia local chamado Henri Haiti, desapareceu. Segundo Dorsch, Haiti voltou sozinho e disse a ela que um acidente havia ocorrido e que Ramin precisava de ajuda.

Antes que ela pudesse buscar socorro, ele a amarrou a uma árvore e a agrediu sexualmente. Dorsch, no entanto, conseguiu escapar e avisar as autoridades.

Na semana passada, a polícia local encontrou, em meio a brasas, cinzas, ossos e dentes que acredita ser de Ramin.

Os restos foram enviados à Paris para confirmar se são realmente do marinheiro. José Thorel, investigador francês, não excluiu a possibilidade de que os ossos e dentes sejam de Ramin, mas ressaltou que os testes podem demorar semanas.

Enquanto isso, o tabloide alemão “Bild” afirmou que Haiti era um “provável canibal”.

“Cinzas estavam distribuídas por um acampamento, ao lado de ossos e dentes. O cheiro era de carne queimada. No local também havia roupas espalhadas. Um promotor acredita que ele foi assassinado por um canibal e partes dele foram comidas”, reportou o periódico.

Haiti está desaparecido e agora está na mira de investigações da polícia local.

Um porta-voz do governo alemão informou que “o ministro das Relações Exteriores e a polícia federal estão investigando o caso ao lado de autoridades locais”.

O marinheiro alemão Stefan Ramin, 40, fazia a viagem de seus sonhos em uma ilha na Polinésia Francesa, no Pacífico Sul, até que tudo virou pesadelo um mês atrás.

Ao lado da namorada, Heike Dorsch, 37, ele havia ancorado seu barco em Nuku Hiva, para participar de uma tradicional caça às cabras na ilha de cerca de 2.000 habitantes.

No entanto, após sair para caçar com um guia local chamado Henri Haiti, desapareceu. Segundo Dorsch, Haiti voltou sozinho e disse a ela que um acidente havia ocorrido e que Ramin precisava de ajuda.

Antes que ela pudesse buscar socorro, ele a amarrou a uma árvore e a agrediu sexualmente. Dorsch, no entanto, conseguiu escapar e avisar as autoridades.

Na semana passada, a polícia local encontrou, em meio a brasas, cinzas, ossos e dentes que acredita ser de Ramin.

Os restos foram enviados à Paris para confirmar se são realmente do marinheiro. José Thorel, investigador francês, não excluiu a possibilidade de que os ossos e dentes sejam de Ramin, mas ressaltou que os testes podem demorar semanas.

Enquanto isso, o tabloide alemão “Bild” afirmou que Haiti era um “provável canibal”.

“Cinzas estavam distribuídas por um acampamento, ao lado de ossos e dentes. O cheiro era de carne queimada. No local também havia roupas espalhadas. Um promotor acredita que ele foi assassinado por um canibal e partes dele foram comidas”, reportou o periódico.

Haiti está desaparecido e agora está na mira de investigações da polícia local.

Um porta-voz do governo alemão informou que “o ministro das Relações Exteriores e a polícia federal estão investigando o caso ao lado de autoridades locais”.


 

Atualizado 18/10/2011 17:24

A vice-prefeita da ilha de Nuku Hiva, na Polinésia Francesa, negou, em entrevista à BBC, que um turista alemão que está desaparecido desde o dia 9 de outubro tenha sido vítima de canibalismo.

Segundo Deborah Kimitete, a história, que vem sendo divulgada por parte da imprensa alemã e por outras publicações, teria sido criada por um repórter e não reflete a verdade.

"Eles encontraram ossos queimados. É isso. Eu não sei por que eles estão falando de canibalismo", disse Kimitete à BBC.

"Tribos lutavam umas contra as outras e era uma forma de absorver o poder do inimigo."
Segundo Kimitete, a população está profundamente magoada com o destaque dado à notícia. Ela acredita que a imagem da ilha pode ser prejudicada.

Fonte: http://noticias.uol.com.br/bbc/2011/10/18/polinesia-francesa-nega-que-turista-tenha-sido-vitima-de-canibalismo.jhtm

 


Atualizada 04/11/2011 11:57

A namorada do turista alemão que desapareceu na Polinésia Francesa detalhou, em entrevista a uma revista alemã, como escapou da morte nas mãos do suposto canibal que teria matado seu namorado.

Na entrevista, Dorsch conta que ela e o namorado conheceram algumas pessoas na ilha enquanto estavam ancorados no local, incluindo o guia. “À noite ele voltou sozinho, dizendo que Stefan precisava de ajuda. Eu peguei uma tocha e o segui floresta a dentro”, contou Dorsch.

“De repente, ele me ameaçou. Colocou uma arma no meu nariz e disse em francês que eu ia morrer. Eu pulei na arma gritando: “Não, eu não vou morrer”, acrescentou, dizendo que, durante a briga, estava certa que ele iria violenta-la.

Quando conseguiu se livrar, ela conta que correu em direção à praia e nadou até o único barco que estava perto do seu. As pessoas que estavam a bordo a ajudaram e chamaram a polícia.

O guia continua sendo procurado na ilha de Nuku Hiva. As informações são do Daily Mail.

Fonte: http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/internacional/2011/11/03/namorada-de-alemao-desaparecido-na-polinesia-francesa-detalha-suposto-ataque.jhtm


2 respostas para “Alemão desaparecido pode ter sido vítima de canibalismo na Polinésia Francesa

  1. heikura disse:

    NO hubo canibalismo en el caso del turista aleman Stefan Ramin asesinado en la isla de Nuku Hiva en Polinesia. El fiscal encargado del caso lo ha repetido en diversas ocasiones: http://assofenua.orgfree.com/blog/?p=5

    Esta semana ha saltado a primera plana tambien otro suceso ocurrido en la misma isla de nuku hiva y es que otro treintañero ha intentado violar a una periodista por la noche mientras dormia en el hotel de la isla http://assofenua.orgfree.com/blog/?p=26

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: