JotaPêAh!

Tirinhas…

em 16/03/2011 11:08:33

 

 

Um casal dormia profundamente, como inocentes bebês…
De repente, lá pelas três horas da manhã, escutam ruídos fora do quarto.
A mulher se sobressalta e, apavorada, sussurra para o homem que dorme ao seu lado:
– Aaaaaiiiiiii, meu Deus, deve ser o meu marido!!!
O cara se levanta rapidamente e, ensandecido, pula pelado pela janela.
Na queda, se arrebenta nos espinhos de uma roseira e, quando sai da roseira, cai sentado com a bunda numa moita cheia de urtiga.
Todo machucado e coçando mais que cachorro vagabundo cheio de pulgas, ele volta irritado e diz à mulher:
– Sua louca, maluca, pirada do cacete… olha a merda que eu tô! Teu marido sou eu, pô!!!
– Ah, é?!?!? E pulou a janela porquê?

Moral da estória:
“Consciência pesada é um problema sério, muito sério…”

AMIZADE FEMININA

Certa noite, uma mulher não voltou para casa… no dia seguinte, ela disse ao marido que tinha dormido na casa de uma amiga… Desconfiado, o homem telefonou para as 10 melhores amigas da mulher, e… Nenhuma sabia de nada…
Moral da história: ô raça desunida.

AMIZADE MASCULINA

Certa noite, um homem não voltou para casa… No dia seguinte, ele disse à esposa que tinha dormido na casa de um amigo… Desconfiada, a mulher telefonou para os 10 melhores amigos do marido e… 08 deles confirmaram que ele tinha passado a noite na casa deles e 02 disseram que ele ainda estava lá…
Moral da história: ô raça filha da puta.

É época dos exames finais e a professora mandou que os seus brilhantes alunos escrevessem uma redação, onde fossem tratados os seguintes temas:

1- Monarquia
2 – Sexo
3 – Religião
4 – Mistério
Joãozinho levanta a mão e diz que terminou.
A professora sem acreditar pede que leia a sua redação.
Ele se levanta, pega na folha de papel, coça a garganta e diz:
‘Mandaram a Rainha Tomar no Cú. Meu Deus! Quem terá sido?’

A máfia estava com problemas de caixa, porque a polícia estava prendendo todos os cobradores e confiscava o dinheiro. Os chefões resolveram então contratar um cobrador surdo-mudo. Se o cara fosse preso, não diria nada. Na primeira semana, o cobrador consegue recolher 40.000 dólares. Dá uma coceira na mão, e ele decide ficar com a grana e colocá-la em lugar seguro. Uns dias depois, a máfia percebe que está acontecendo algo e manda um pessoal para ‘conversar’ com o cobrador. Os capangas encontram o surdo-mudo e perguntam-lhe onde está o dinheiro. O cobrador não consegue se comunicar, e a máfia manda buscar um intérprete. – Pergunte-lhe onde está a grana! ? diz um dos capangas. Por gestos, o interprete faz a pergunta ao surdo-mudo. O homem responde, também por gestos: – Não sei do que vocês estão falando… O interprete traduz aos capangas: – Ele disse que não sabe do que vocês estão falando… Um bandido puxa um 38, aponta-o para a cabeça do cobrador e diz, dirigindo-se ao intérprete: – Pergunte-lhe novamente onde o dinheiro está! O interprete faz a pergunta. Assustado, o surdo-mudo responde por gestos: – Desculpem, foi um momento de fraqueza. Os 40.000 dólares estão numa cavidade da terceira árvore em frente ao Museu Metropolitano de Arte, no Central Park. O intérprete vira pros bandidos: – Ele continua insistindo que não sabe do que vocês estão falando, diz que vocês são um bando de bichas e que ninguém aqui é homem pra puxar o gatilho…

Fonte: http://www.blogdomau.com.br


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: