JotaPêAh!

Os primeiros dez mil acessos

Hoje, 30 de março de 2011, exatamente 6 meses e três dias, ou 184 dias depois da migração do Windows Live Space (R.I.P.) para  WordPress, o blog alcançou a marca de 10.000 acessos, com uma média de 54 acessos por dia.

Só isso? Não! Tudo isso. É muita coisa se levar em consideração que em um ano no Windows Live Space, de setembro de 2009 a setembro de 2010, o Space teve apenas 300 visitas. Isso dá 0,82 visitas por dia.

Isso só destaca a força da plataforma WordPress, que com seus sistemas potentíssimos consegue dar visibilidade a qualquer blog. É só seguir as placas…

dez mil 3

 

A imagem acima mostra a evolução de visitação ao longo dos meses. Os totais foram;

09/2010 – 52

10/2010 – 781

11/2010 – 571

12/2010 – 1.124

01/2011 – 1.585

02/2011 – 3.139

03/2011 – 2.784

O dia de maior audiência foi 15 de fevereiro de 2011, com destaque para o artigo Ãnha, é o hambúrguer de picanha e outros, com 118 visitas, e o artigo Ano estranho–O mistério do 111, com 51 visitas. Esses são também os artigos com maior visitação do blog, acumulando, até o momento, 1.052 e 1.559 visitas, respectivamente.

Na imagem abaixo, a relação dos posts, e seus respectivos números de visitas.

dez mil 2

 

Pode-se perceber um fenômeno: o sistema de estatísticas do WordPress não é tão “potentíssimo”.  Quando mostra 10.000 visitas na página inicial das estatísticas, o número real é um pouco maior. Ou não. Não dá pra saber qual das duas contas está errada, pois somando as visitas no total por mês, dá um resultado diferente do apresentado na página inicial das estatísticas.

Na página inicial mostram 10.000 visitas.
Somando os meses, temos 10.036 visitas.

Bem estranho.

Logo abaixo, a lista completa de todos os posts com acessos.

Título
Visualizações

Ano estranho–O mistério do 111
More stats
1.559

Home page
More stats
1.289

Ãnha, é o hambúrguer de picanha e outros
More stats
1.052

Mapa dos Mistérios do GTA San Andreas
More stats
761

Jingle Serra Presidente: Serra é do bem
More stats
405

C:\WINDOWS\system32\sshnas21.dll
More stats
355

Correspondência de Fórmulas do Excel em Inglês e Português
More stats
277

Comandos SQL
More stats
244

Frases da novela Ti Ti Ti
More stats
208

Verde “combina” com azul?
More stats
197

Casseta & Planeta vai sair do ar em dezembro
More stats
163

Novo lançamento da Apple
More stats
161

Dicas e comandos para GTA Vice City
More stats
160

In Memoriam: Aurora de Almeida Lopes
More stats
153

Por que os bandidos matam?–Da reportagem da VEJA, 17/11/2010
More stats
120

Clandestinos – O sonho começou
More stats
109

Johnny Depp visita escola como Jack Sparrow e surpreende aluna
More stats
106

Converter texto para número e inserindo fórmulas pelo vba
More stats
102

Meu Resultado UNINTER 2011
More stats
95

Substância – À ela, a única Maria do mundo.
More stats
91

O que é superfish? [Saiba aqui…]
More stats
86

Dois de paus, deitar o cabelo e capar o gato
More stats
83

Nokia X6 como modem 3G
More stats
82

Fases Processuais
More stats
80

Excel usa definição de limite para efetuar soma
More stats
76

Trecho de Cartas entre Amigos–Sobre Medos Contemporâneos–Carta 16
More stats
75

Mussarela ou muçarela?
More stats
75

Dicas e comandos para GTA San Andreas
More stats
71

Estudo de Morte e Vida Severina
More stats
71

Detector de movimentos com webcam
More stats
61

Remover aspas em VBA
More stats
52

Razão e emoção – Frase do programa "Não é o que parece"
More stats
52

Eu lembro, logo sou – Frases do programa "Não é o que parece" sobre a memória
More stats
52

Parabéns Sistema de Controle de Patrimônio e Almoxarifado
More stats
52

Trecho de A ponte para o sempre
More stats
51

A esposa de C. S. Lewis
More stats
42

A Little – Letra
More stats
41

Brasileiro ainda não aprendeu a ver TV, diz colunista do Yahoo!
More stats
41

Aslan’s Meditations – Apresentação
More stats
39

Comparativo: Nimbuzz x UOL Voip x Skype
More stats
38

Enigma – Temos um saco com muitas moedas…..
More stats
34

Alterar pasta de Downloads no Windows 7
More stats
32

Abertura–O Máscara PT-BR
More stats
31

Logo para 2014? Um problema..
More stats
30

Trecho de A ponte para o sempre – Richard e Leslie se reconciliam
More stats
28

Shrek Para Sempre – O flautista de Hamelin
More stats
27

Rumpelstiltskin
More stats
26

O fim do mundo–VPA
More stats
20

Aparelho pode por fim às torres de celulares
More stats
20

Malinculia
More stats
20

Alterar pastas de salvamento do Windows 7
More stats
20

Letra: Apenas mais uma de amor
More stats
19

Ministério do Planejamento autoriza reajuste do auxílio-alimentação do Executivo Federal
More stats
19

Letra de Música: I’m Yours, Jason Mraz
More stats
19

A “conversão” de Eutáquio
More stats
19

O que o silêncio diz
More stats
18

Prólogo – O Alquimista
More stats
18

Epílogo – O Alquimista
More stats
17

Humor Tadela
More stats
17

Dragões em Nárnia
More stats
16

Tu quoque
More stats
16

Universitária morre durante apresentação de trabalho, no PR
More stats
16

Duas imagens de VPA em propaganda
More stats
16

Aslan’s Meditation (3/11)–Fácil falar, difícil fazer
More stats
16

Trechos do último capítulo de Quase memória, um quase romance de Carlos Heitor Cony
More stats
15

As macros estão desabilitadas
More stats
14

Sobre educação dos filhos
More stats
14

Aslan’s Meditation (2/11): Rocha Sólida
More stats
14

Linguagem tatibitate
More stats
14

Aslan’s Meditations (4/11): A Máscara que usamos
More stats
14

Eustáquio: a conversão de um perseguidor
More stats
13

Ferramenta não roda jogos piratas, diz hacker que desbloqueou PS3
More stats
13

Hebe deixa SBT
More stats
13

Sobre
More stats
13

Letra de Música: Oito Anos
More stats
12

Lá vai mais algumas enes piadas antigas
More stats
11

Nokia descontinua programa de música grátis em 27 países
More stats
11

Trecho do livro Anatomia de uma Dor
More stats
11

Oi irá testar rede 4G em julho no Brasil
More stats
10

Código fonte de antivírus da Kaspersky vaza na internet
More stats
10

Seriado "A Cura" não ganhará nova temporada neste ano
More stats
10

Novo pôster de A Viagem do Peregrino da Alvorada
More stats
10

Cartilha dos Companheiros – Verbetes do óbvio lulante
More stats
9

Receita original da Coca-Cola é descoberta 125 anos depois, diz site
More stats
9

Hoje é Friday! – O que é pior: quem fala, ou quem escuta?
More stats
9

Torre de Babel
More stats
9

A mensagem cristã em A Viagem do Peregrino da Alvorada
More stats
9

Firefox estável não funciona com versão beta
More stats
8

Terremoto moveu costa do Japão, alterou equilíbrio da Terra e reduziu duração dos dias
More stats
8

Procon alerta contra prática de venda casada no comércio
More stats
8

Cúpula de usina nuclear no Japão se curva como pedido de desculpas
More stats
8

Aslan’s Meditations (5/11): Conhecer a Cristo
More stats
8

O tesouro – O Alquimista
More stats
8

Eufemismo – Morte de Luiz Carlos Alborghetti
More stats
8

A voz do coração – O Alquimista
More stats
8

O vento e o deserto – O Alquimista
More stats
7

Edmundo ou Eustáquio: qual o pior erro?
More stats
7

Sobre Jequitibás e eucaliptos… – Dia dos Professores
More stats
7

Ovi Store disponibiliza programas pagos no Brasil
More stats
7

Tipos de Professor
More stats
7

Provérbio árabe – O Alquimista
More stats
7

Notícia do Sindsef – http://www.sindsef-ro.org.br/noticia_mostra.asp?id=1799
More stats
7

Toda cobrança indevida deve ser ressarcida em dobro – http://www.reclameaqui.com.br/noticias/toda-cobranca-indevida-deve-ser-ressarcida-em-dobro/1030
More stats
7

Talking about Juros de financiamentos
More stats
6

Uma delegacia especializada
More stats
6

CRÍTICA: ‘A cura’ merece continuar
More stats
6

Letra de Música: Ciranda da Bailarina
More stats
6

Sete coisas que você precisa saber sobre Aslam
More stats
6

Conversa de homem X Conversa de mulher
More stats
6

Exibir formulário através de variável
More stats
5

Ensaio sobre a traição – TaxiTramas
More stats
5

Coração traiçoeiro – O Alquimista
More stats
5

Amizade, por Maurício de Souza
More stats
5

Ação Cominatória (04/11/2009)-TJ-RO
More stats
5

Novo tema para o blog
More stats
5

O coração
More stats
5

Viva La Vaca!
More stats
5

Epílogo – O Alquimista
More stats
5

Anatomia de uma dor
More stats
5

Do G1 – ‘Ele cavou uma cova para mim’, diz mulher vítima de violência
More stats
5

Fátima – O Alquimista
More stats
5

Porque as mulheres enlouquecem os homens
More stats
4

Bate-boca na avenida
More stats
4

Controle MultiPage
More stats
4

Testando Nokia 5530
More stats
4

Frases de filmes
More stats
4

Que graça!!!!
More stats
4

Presente e futuro – O Alquimista
More stats
4

Enigma dos três santos
More stats
4

Nomes estranhos
More stats
4

Minha realidade aumentada
More stats
4

jotapeah.com
More stats
4

O meu boi morreu…
More stats
4

Shrek e Fiona
More stats
4

Apple contra-ataca questionamento da Microsoft sobre uso do termo App Store
More stats
4

Pilares da Criação
More stats
4

Do charges.com.br – E-mail comentado
More stats
4

www.sirmeister.com
More stats
4

A polêmica do trailer no MundoNarnia.com
More stats
4

Apple se torna US$ 100 bilhões mais valiosa do que a Microsoft
More stats
3

Pedido de Revisão de Cálculos
More stats
3

Quem é Aslam? – LFG
More stats
3

Cérebro Eletrônico – Gilberto Gil
More stats
3

O Flautista de Hamelin
More stats
3

Microsoft envia flores ao funeral do IE6
More stats
3

Nárnia: o mundo e o país
More stats
3

Aprenda inglês
More stats
3

Várias instâncias do Windows Live Messenger
More stats
3

Aceitação e consumo: o que as pessoas fazem por aceitação social?
More stats
3

Diga não às drogas – Luis Fernando Veríssimo
More stats
3

Google acusa Bing de plagiar seus resultados de busca
More stats
2

11 expressões usadas pelas mulheres….e seus significados
More stats
2

Aslan’s Meditations: (9/11) Brothers. Gotta love ‘em.
More stats
2

Mais SQL
More stats
2

Sony anuncia ‘PlayStation Phone’ durante intervalo do SuperBowl
More stats
2

Pra frente e pra cima – Mensagens aos jovens, página 95
More stats
2

A mão do Táhbatah
More stats
2

Orçamento 2010 – Auxílio Alimentação – Agora gosteeeeiii!
More stats
2

Muitíssimas origens e definições
More stats
2

Propaganda de Gianecchini no Piauí
More stats
2

A donzela pastora
More stats
2

Prosseguindo…
More stats
2

Trecho de Morte e Vida Severina
More stats
2

Apresentando: A Megera e o Lobisomem – PC
More stats
2

Errar é humano
More stats
2

Quanto Tempo Mais
More stats
2

Serra ganha direito de resposta em programa de Dilma Rousseff
More stats
2

Instaload by Microsoft
More stats
2

Tragédia
More stats
2

Salmo 73:20;25
More stats
2

Enfrentando o pior vilão no Peregrino da Alvorada
More stats
2

Bobagem Arriscada – http://www.tvcultura.com.br/ombudsman/content/4297
More stats
2

O Livro de Mozilla
More stats
2

Muitíssimas frases e textos
More stats
2

“Brasileiros roubam o trailer de As Crônicas de Nárnia”
More stats
2

Ex-vice-presidente José Alencar morre aos 79 anos
More stats
2

Tirinhas…
More stats
2

Novo sistema de arrecadação, tributação e fiscalização é avaliado por gerentes da SEFIN
More stats
2

Etiqueta 2.0
More stats
1

Ensinamentos das mães
More stats
1

Tag
More stats
1

Viva Portugal
More stats
1

Barriga é barriga
More stats
1

Piadas antigas
More stats
1

Alerta sobre a existência de dragões fora de Nárnia
More stats
1

Loira suicida
More stats
1

Tolerância
More stats
1

Conheça o Manteiga Rançosa
More stats
1

Amor pelos desfechos – Elisa Lucinda
More stats
1

Cantada em loira não dá certo….
More stats
1

XP Mode
More stats
1

Shimbalaiê – Maria Gadú
More stats
1

Como nossos pais
More stats
1

Como roubar um coração
More stats
1

A bondade dourada – SM
More stats
1

Eu adoro voar
More stats
1

Curiosidade matou o gato / transformou o preguiçoso em dragão
More stats
1

Como o cérebro percebe o tempo
More stats
1

Endurecer sem perder a ternura – TaxiTramas
More stats
1

A ponte para o sempre – Richard Bach – Texto introdutório
More stats
1

O pastor e o mercador – O Alquimista
More stats
1

Dilma e Serra lembram escândalos e se acusam de mentir em debate
More stats
1

O cérebro moral
More stats
1

Memória
More stats
1

Leonardo Boff – Wikiquote
More stats
1

Falando sobre Narnia – Supply Search
More stats
1

A chegada de Aslam – LFG
More stats
1

O diário de Eustáquio
More stats
1

Novo trailer de A Viagem do Peregrino da Alvorada
More stats
1

Vir ou não vir … eis a questão
More stats
1

Um perigoso leão está à solta …
More stats
1

O poder de criação de Aslam x poder de destruição de Jadis
More stats
1

Encontro da Sílvia com o Raul – Caminho das Índias
More stats
1

Linguagens X Pensamento
More stats
1

Entrando no armário – LFG
More stats
1

"Euteamo" e suas estreias – Elisa Lucinda
More stats
1

Leão-de-chácara
More stats
1

Sempre aqui – Fernando Iglesias
More stats
1

As loiras vão dominar o mundo
More stats
1

Frase do Wikiquote –
More stats
1

Senhor de nossas prioridades
More stats
1

Psicroestesia
More stats
1

A máfia da merenda
More stats
1

Cai liminar que garantia Enem a quem se sentiu prejudicado por falhas
More stats
1

Um debate equivocado
More stats
1

Como saber se alguém é de Fortaleza
More stats
1

Diferenças entre presídio e trabalho
More stats
1

Os que ficaram em nosso mundo
More stats
1

Aluno paga US$ 14 mil em notas de US$ 1
More stats
1

Anúncios
Deixe um comentário »

Substância – À ela, a única Maria do mundo.

Sim, na roça o polvilho se faz a coisa alva: mais que o algodão, a garça, a roupa na corda. Do ralo às gamelas, da masseira às bacias, uma polpa se repassa, para assentar, no fundo da água e leite, azulosa – o amido – puro, limpo, feito surpresa. Chamava-se Maria Exita. Datava de maio, ou de quando? Pensava ele em maio, talvez, porque o mês mor – de orvalho, da Virgem, de claridades no campo. Pares se casavam, arrumavam-se festas; numa, ali, a notara: ela, flor. Não lembrava a menina, feiosinha, magra, historiada de desgraças, trazida, havia muito, para servir na Fazenda.
Sem se dar idéia, a surpresa se via formada. Se, às vezes, por assombro, uma moça assim se embelezava, também podia ter sido no tanto-e-tanto. Só que a ele, Sionésio, faltavam folga e espírito para reparar em transformações.
Saíra da festa em começo, dada mal sua presença; pois a vida não lhe deixava cortar pelo sono: era um espreguiçar-se ao adormecer, para poupar tempo no despertar. Para a azáfama – de farinha e polvilho. Célebres, de data, na região e longe, os da Samburá; herdando-a, de repente, Seo Nésio, até então rapaz de madraças visagens, avançara-se com decisão de açoite a desmedir-lhes o fabrico. Plantava á vasta os alqueires de mandioca, que ali, aliás, outro cultivo não vingava; chamava e pagava os braços; espantava, no dia-a-dia, o povo. Nem por nada teria adiantado atenção a uma criaturinha, a qual.

Maria Exita. Trouxera-a, por piedade, pela ponta da mão, receosa de que o patrão nem os outros a aceitassem, a velha Nhatiaga, peneireira. Porque, contra a menos feliz, a sorte sarapintara de preto portais e portas: a mãe, leviana, desaparecida de casa; um irmão, perverso, na cadeia, por atos de morte; o outro, igual feroz, foragido, ao acaso de nenhuma parte; o pai, razoável bom-homem, delatado com lepra, e prosseguido, decerto para sempre, para um lazareto. Restassem-lhe nem afastados parentes; seja, recebera madrinha, de luxo e rica, mas que pelo lugar apenas passara, agora ninguém sabendo se e onde vivia. Acolheram-na, em todo o caso. Menos por direita pena; antes, da compaixão da Nhatiaga. Deram-lhe, porém, ingrato serviço, de todos o pior: o de quebrar, à mão, o polvilho, nas lages.
Sionésio, de tarde, de volta, cavalgava através das plantações. Se a meio-galope, se a passo, mas sôfrego descabido, olhando quase todos os lados. Ainda num Domingo, não parava, pois. Apenas, por prazo, em incertas casas, onde lhe dessem, ao corpo, consolo: atendimento de repouso. Lá mesmo, por último, demorava um menos. Prazer era ver, aberto, sob o fim do sol, o mandiocal de verdes mãos. Amava o que era seu – o que seus fortes olhos aprisionavam. Agora, porém, uma fadiga. O ensimesmo. Sua sela se coçava de uso, aqui a borraina aparecendo; tantas coisas a renovar, e ele sem sequer tempo. Nem para ir de visita, no Morro-do-Boi, à quase noiva, comum no sossego e paciências, da terra, em que tudo relevava pela medida das distâncias. Chegava à Fazenda. Todavia, esporeava.
O quieto completo, na Samburá, no Domingo, o eirado e o engenho desertos, sem eixo de murmúrio. Perguntava à Nhatiaga, pela sua protegida. __ “Ela parte o polvilho nas lages…” – a velha resumira. Mas, e até hoje, num serviço desses? Ao menos, agora, a mudassem! __ “Ela é que quer, diz que gosta. E é mesmo, com efeito…” – a Nhatiaga sussurrava. Sionésio, saber que ela, de qualquer modo, pertencia e lidava ali, influía-lhe um contentamento; ele era a pessoa manipulante.
Não podia queixar-se. Se o avio da farinha se pelejava ainda rústico, em breve o poderia melhorar, meante muito, pôr máquinas, dobrar quantidades.
Demorara para ir vê-la. Só no pino do meio-dia – de um sol do qual o passarinho fugiu. Ela estava em frente da mesa de pedra; àquela hora, sentada no banquinho rasteiro, esperava que trouxessem outros pesados, duros blocos de polvilho. Alvíssimo, era horrível, aquilo. Atormentava, torturava: os olhos da pessoa tendo de ficar miudinho fechados, feito os de um tatu, ante a implacável alvura, o sol em cima. O dia inteiro, o ar parava levantado, aos tremeluzes, a gente se perdendo por um negrume do horizonte, para temperar a intensidade brilhante, branca; e tudo cerradamente igual. Teve dó dela – pobrinha flor. Indagou:__ “Que serviço você dá?” – e era a tola questão. Ela não se vexou. Só o mal-e-mal, o boquinãoabrir, o sorriso devagar. Não se perturbava. Também, para um pasmar-nos, com acontecesse diferente: nem enrugava o rosto, nem espremia ou negava os olhos, mas oferecidos bem abertos – olhos desses, de outra luminosidade. Não parecia padecer, antes tirar segurança e folguedo, do triste, sinistro polvilho, portentoso, mais a maldade do sol. E a beleza. Tão linda, clara, certa – de avivada carnação e airosa – uma iázinha, moça feita em cachoeira. Viu que, sem querer, lhe fazia cortesia. Falou-lhe, o assunto fora de propósito: que o polvilho, ali, na Samburá, era muito caprichado, justo, um dom de branco, por isso para a Fábrica valia mais caro, que os outros, por aí, feiosos, meio tostados…
Depois, foi que lhe contaram. Tornava ainda, a cavalo, seu coração não enganado, como sendo sempre desiguais os domingos; de tarde, aí que as rolinhas e os canários cantavam. Se bem – ele ali o dono – sem abusar da vantagem. “De suas maneiras, menina, me senti muito agradado…” – repetia um futuro talvez dizer. A Maria Exita. Sabia, hoje: a alma do jeito e ser, dela, diversa dos outros. Assim, que chegara lá, com os vários sem-remédios de amargura, do oposto mundo e maldições, sozinha de se sufocar. Aí, então, por si sem conversas, sem distraídas beiras, nenhumas, aportara àquele serviço – de toda a despreferência, o trabalho pedregoso, no quente feito boca-de-forno, em que a gente sente engrossar os dedos, os olhos inflamados de ver, no deslumbrável. Assoporava-se sob o refúgio, ausenciada? Destemia o grado, cruel polvilho, de abater a vista, intacto branco. Antes, como a um alcanforar o fitava, de tanto gosto. Feito a uma espécie de alívio, capaz de a desafligir; de muito lhe dar: uma esperança mais espaçosa. Todo esse tempo. Sua beleza, donde vinha? Sua própria, tão firme pessoa? A imensidão do olhar – doçuras. Se um sorriso; artes como de um descer de anjos. Sionésio nem entendia. Somente era bom, a saber feliz, apesar dos ásperos. Ela – que dependendo só de um aceno. Se é que ele não se portava alorpado, nos rodeios de um caramujo; estava amando mais ou menos.
“Se outros a quisessem, se ela já gostasse de alguém?” – as asas dessa cisma o saltearam. Tantos, na faina, na Samburá, namoristas; e às festas – a idéia lhe doía. Mesmo de a figurar proseando com os próximos, no facilitar. Porém, o que ouviu, aquietava-o. Ainda que em graça para amores, tão formosa, ela parava a cobro de qualquer deles, de más ou melhores tenções. Resguardavam a seus graves de sangue. Temiam a herança da lepra, do pai, ou da falta de juízo da mãe, de levados fogos. Temiam a algum dos assassinos, os irmãos, que inesperado de a toda hora sobrevir., vigiando por sua virtude. Acautelavam. Assim, ela estava salva. Mas a gente nunca se provê segundo garantias perpétuas. Sionésio passara a freqüentar nas festas, princípios a fins. Não que dançasse; desgostava-o aquilo, a algazarra. Ficava de lá, de olhos postos em, feito o urubu tomador de conta. Não a teria acreditado tão exata em todas essas instâncias – o quieto pisar, num muxoxozinho úmido prolongado, o jeito de pôr sua cinturinha nas mãos, feliz pelas pétalas, juriti nunca aflita. A mesma que no amanhã estaria defronte da mesa de laje, partindo o sol nas pedras do terrível polvilho, os calhaus, bitelões.
Se dançava, era bem; mas as muito poucas vezes. Tinham-lhe medo, à doença incerta, sob a formosura. Ah, era bom, uma providência, esse pejo de escrúpulo. Porque ela se via conduzida para não se casar nunca, nem podendo ser doidivã. Mas precisada de restar na pureza. Sim, do receio não se carecia. Maria Exita era a para se separar limpa e sem jaças, por cima da vida; e de ninguém. Nela homem nenhum tocava.
Sem embargo de que, ele, a queria, para si, sempre por sempre.
E, ela, havia de gostar dele, também, tão certamente.
Mas, no embaraço de inconstantes horas – as esperanças velhas e desanimações novas – de entre-momentos. Passava por lá, sem paz de vê-la, tinha um modo mordido de a admirar, mais ou menos de longe. Ela, no seu assento raso, quando não de pé, trabalhando a mãos ambas. Servia o polvilho – a ardente espécie singular, secura límpida, material arenoso – a massa daquele objeto. Ou, o que vinha ainda molhado, friável, macio, grudando-se em seus belos braços, branqueando-os até para cima dos cotovelos. Mas que, toda-a-vida, de solsim brilhava: os raios reflexos, que os olhos de Sionésio não podiam suportar, machucados, tanto valesse olhar para o céu e encarar o próprio sol.
As muitas semanas castigavam-no, amiúde nem conseguia dormir, o que era ele mesmo contra ele mesmo, consumição de peixão, romance feito. De repente, na madrugada, animava-se a vigiar os ameaços de chuva, erguia-se aos brados, acordando a todos:__ “Apanhar polvilho! Apanhar polvilho!…” Corriam, em confusão de alarme, reunindo sacos, gamelas, bacias, para receber o polvilho posto no ar, nas lajes, onde, no escuro da noite, era a única coisa a afirmar-se, como um claro de lagoa d’água, rodeado de criaturas estremunhadas e aflitas. Mal podia divisá-la, no polvoroso, mas contentava-o sua proximidade viva, quente presença, aliviando-o. Escutou que dela falassem: “Se não é que, no que não espera, a mãe ainda amanhece por ela…ou a senhora madrinha…” Salteou-se. Sem ela, de que valia a atirada trabalheira, o sobreesforço, crescer os produtos, aumentar as terras? Vê-la, quando em quando. A ela – a única Maria no mundo. Nenhumas outras mulheres, mais, no repousado; nenhuma outra noiva, na distância.
Devia, então, pegar a prova ou o desengano, fazer a ação de a ter, na sisuda coragem, botar beiras em seu sonho. Se conversasse primeiro com Nhatiaga? – achava, estapeou aquele pensamento contra a testa. Não receava a recusação. Consigo forcejava. Queria e não podia, dar volta a uma coisa. Os dias iam. Passavam as coisas, pretextadas. Que temia, pois, que não sabia que temesse? Por vez, pensou: era, ele mesmo, são? Tinha por onde merecer? Olhava seus próprios dedos, seus pulsos, passava muito as mãos no rosto. A diverso tempo, dava o bravo: tinha raiva a ela. Tomara a ele que tudo ficasse falso, fim. Poder se desentregar da ilusão, mudar de parecer, pagar sossego, cuidar só dos estritos de sua obrigação, desatinada. Mas, no disputar do dia, criava as agonias da noite. Achou-se em lágrimas, fiel. Por que, então, não dizia hás nem eis, andava de mente tropeçada, pubo, assuntando o conselho, em deliberação tão grave- assim de cão para o luar? Mas não podia. Mas veio.
A hora era de nada e tanto; e ela era sempre a espera. Afoito, ele lhe perguntou:
__ “Você tem vontade de confirmar o rumo de sua vida? __falando-lhe de muito coração. __ “Só se for já…” __ e, com a resposta, ela riu clara e quentemente, decerto que sem a propositada malícia, sem menospreço. Devia de ter outros significados o rir, em seus olhos sacis.
Mas, de repente, ele se estremeceu daquelas ouvidas palavras. De um susto vindo de fundo: e a dúvida. Seria ela igual à mãe? – surpreendeu-se mais. Se a beleza dela – a frutice, da pele, tão fresca, viçosa – só fosse por um tempo, mas depois condenada a engrossar e se escamar, aos tortos e roxos, da estragada doença? – o horror daquilo o sacudia. Nem agüentou de mirar, no momento, sua preciosa formosura, traiçoeira. Mesmo, sem querer, entregou os olhos ao polvilho, que ofuscava, na laje, na vez do sol. Ainda que por instante, achava ali um poder, contemplado, de grandeza, dilatado repouso, que desmanchava em branco os rebuliços do pensamento da gente, atormentastes.
A alumiada surpresa.
Alvava.
Assim; mas era também o exato, grande, o repentino amor – o acima. Sionésio olhou mais, sem fechar o rosto aplicou o coração, abriu bem os olhos. Sorriu para trás. Maria Exita. Socorria-a a linda claridade. Ela – ela! Ele veio para junto. Estendeu também as mãos para o polvilho – solar e estranho: o ato de quebrá-lo era gostoso, parecia um brinquedo de menino. Todos o vissem, nisso, ninguém na dúvida. E seu coração se levantou. __ “Você, Maria, quererá, a gente, nós dois, nunca precisar de se separar? Você, comigo, vem e vai?” Disse, e viu. O polvilho, coisa sem fim. Ela tinha respondido:__ “Vou, demais.” Desatou um sorriso. Ele nem viu. Estavam lado a lado, olhavam para frente. Nem viam a sombra de Nhatiaga, que quieta e calada, lá, no espaço do dia.
Sionésio e Maria Exita – a meios-olhos, perante o refulgir, o todo branco. Acontecia o não-fato, o não-tempo, silêncio em sua imaginação. Só o um-e-outra, um em-si-juntos, o viver em ponto sem parar, coraçãomente: pensamento, pensamor. Alvor. Avançavam, parados, dentro da luz, como se fosse o dia de todos os pássaros.
Deixe um comentário »

Frases de filmes

"Embaixo dessa máscara há mais do que carne. Atrás dessa máscara há uma idéia, e Sr. Creedy. Idéias são à prova de bala."
(V de Vingança)

 

"A esperança é o meu guia. É o que me faz viver cada dia, e principalmente cada noite, a esperança de que depois que você estiver longe dos meus olhos não será a última vez que olharei para você…"
(Coração de Cavaleiro)

 

"Só desejar algo, não o torna real."

(A Princesa e o Sapo)

 

"As pessoas preferem mentir pra si mesmas à encarar a verdade."
(O Ritual)

 

"Os homens fazem muito mais para evitar o que teme do que para obter o que desejam."
(O Código Da Vinci)

 

"Dinheiro não muda você, ele muda as pessoas ao seu redor!"
(O Bilhete Premiado)

 

"Mas você sabe que eu prefiro, as tempestades do inevitável.
À sua pequena idéia destrutiva.
Antes do ódio, antes dos golpes,dos assobios e dos chicotes,
antes da pena e do desgosto.
Você diz para terminarmos, mas eu te beijo e isso passa.
Eu sei bem, não me livro de você assim.
Eu poderia evitar o pior, mas o melhor está por vir."
(Dans Paris)

 

"Feliz o homem que sabe valorizar uma mulher.
Este sim pode chamá-la de sua, não pelo sentimento de posse,mais por ela não querer ser de mais ninguém."
(Querido John)

 

"Confio em todas as pessoas, só não confio no demônio que existe dentro delas!"
(Uma Saída de Mestre)

 

"A loucura é como a gravidade, só precisa de um empurrãozinho."
(Batman- O Cavaleiro das Trevas)

 

"Para que as pessoas nos ouçam, não basta dar um tapinhas nas costas, temos que usar uma marreta mesmo.
Só assim obtemos sua total atenção."
(Seven, os Sete Crimes Capitais)

 

"Sem o amargo o doce não é tão doce."
(Vanilla Sky)

 

– Não, não existe uma fina linha entre o amor e o ódio.
Existe uma muralha da China, com sentinelas armados a cada seis metros."

 

"Meu passado é dividido entre o que não consigo me lembrar e o que não quero me lembrar, e você é os dois."
(Dois Homens e Meio)

 

"O desejo pode ferrar com a sua vida. E por mais duro que seja querer muito uma coisa, as pessoas que mais sofrem são aquelas que sequer sabem o que querem."

"Não importa o quanto algo nos machuca, às vezes se livrar dele dói mais ainda."

(Grey’s Anatomy‏)

 

"Sabe qual é o lado ruim de te matar?
É que eu só posso fazer isso uma vez."
(Jogos Mortais 7)

 

"Se é pra amar, me ame de verdade, se é pra viver que seja juntos, se não for assim nunca mencione tal frase “eu te amo”, pois para algumas pessoas ela pode significar o mundo."
(500 dias com ela.)

 

"A maturidade é verificada quando a pessoa reconhece que é a única responsável, pelos seus problemas e pelas suas alegrias.
(Colcha de Retalhos)

 

"Doby não queria matar, Dobby queria apenas mutilar ou causar ferimento grave."
(Harry Potter e as Relíquias da Morte)

 

– "Duende: O homem aranha subia pela parede, veio o duende e acabou com ele!"
(Homem Aranha)

 

"Você não sabe o que é amor porque não entende o que é compromisso."
(Closer – Perto Demais)

 

"Ela não é uma criança!"
(A Orfã)

 

"Pare de idealizar seu amor em vez de encontra-lo.
O amor não é sempre como um raio, as vezes é só uma escolha.
Talvez o amor verdadeiro seja uma decisão, decisão de correr um risco com alguém.
Dar-se, sem se preocupar se irão dar algo em troca ou magoar você ou se é a pessoa certa.
Talvez o amor não seja algo que aconteça, talvez seja uma escolha.
(Amores e Outros Desastres)

 

"Corte um pedaço de madeira e lá estarei, levante uma pedra e me encontrará…"
(Stigmata)

 

"No Brasil, eleição é negócio e o voto é a mercadoria mais valiosa da favela!"
(Tropa de Elite 2)

"O dia em que a ciência comprovar a existência de Deus em um laboratório será o dia em que as pessoas não terão mais necessidade dá fé!
– Você quer dizer o dia em que as pessoas não terão mais necessidade da Igreja!"
(Anjos e Demônios)

 

"O que faria se fosse cumprir pena numa cadeia, onde metade dos presos você mandou para lá?"
(Constantine)

 

"Introduza um pouco de anarquia. Perturbe a ordem vigente e então tudo se torna um caos. Eu sou um agente do caos. E sabe, a chave do caos é o medo!"
(Batman – O Cavaleiro das Trevas)

 

"De repente o mundo se torna um lugar perfeito.

De repente o mundo se move com perfeita graça.
De repente minha vida parece fazer algum sentido, e tudo gira ao seu redor.
E não existe montanha tão alta, nem rio tão extenso.
Cante esta canção, e eu estarei ao seu lado!
Estrelas podem colidir e tempestades podem vir,
mas eu te amo até o fim da vida!"
(Moulin Rouge – Amor em Vermelho)

 

"À pé dá pra ir até pro Piauí… basta ter disposição."
(Muita Calma Nessa Hora)

Deixe um comentário »

Aslan’s Meditations: (9/11) Brothers. Gotta love ‘em.

Welcome to part 9 in our series from 2 Peter 1:5-8! It’s hard to believe we are already nearing the end.

But also for this very reason, giving all diligence, add to your faith virtue, to virtue knowledge, to knowledge self-control, to self-control perseverance, to perseverance godliness, to godliness brotherly kindness, and to brotherly kindness love. For if these things are yours and abound, you will be neither barren nor unfruitful in the knowledge of our Lord Jesus Christ.

Today we’ll be looking at brotherly kindness. First off, what is it?

We’ll take a little detour and look at the type of words these are.

Brotherly is an adjective – a word to express an attribute or describe something.

Kindness is a noun – so brotherly is the adjective modifying that noun.

Bored yet? Don’t worry, I’m done with the grammar lesson.

The reason I wanted to do that was because *my* initial reactions to “brotherly kindness” were things like “being kind to your brothers” and things like that. But because “brotherly” actually modifies “kindness,” the kindness we are to have is not necessarily to our brothers but the same kind as to our brothers.

imageBefore I go any further, I should probably clarify that “brothers” doesn’t just mean boys. It applies to sisters as well. :)

Now obviously if you argue with your brothers and don’t get along this isn’t a good kind of kindness to show to people.

But we (hopefully) also love our siblings. I know that I would die any day for my two brothers – I love them and I would do anything for them.

So wait, we’re supposed to love our friends and family like we love our brothers?

Well, sort of.

When we say “brotherly” it has a deeper sense to it – as opposed to “friendly,” “nicely,” or another related word.

Brothers and sisters are very different from friends. You know them in a way you don’t know your friends because you’ve grown up with them.

imageThe word brotherly says “I know so much about you. I know you when you’re feeling great and I know you when you’re in pain. I know you when you’re in a nasty mood and I know you when you’re not. I know when you’ve hurt people and when you’ve loved. And I still love you.”

1 Timothy 5 says that we are to treat men and women as brothers and sisters – with all purity.

The purpose of brotherly kindness is not just an exhortation to treat others nicely – but to treat them with purity and love.

Maybe you’re single – or maybe you’re married. If you’re single, we are asked to treat everyone as brothers and sisters. If you’re married, you treat everyone as brothers and sisters too – except your spouse.

The next logical question is…why? Why do we need to treat others with purity – as brothers and sisters?

The answer is so we can be sanctified for Christ’s purpose. God wants us to love others sincerely. We have so many friends, acquaintances, and with facebook – not-so-acquaintances. :P But God wants us to have deeper, sincere relationships – to encourage others and point them to Christ.

2 weeks ago, we talked about godliness, and how it wasn’t just not being ungodly, but seeking Christ. And when we seek Christ, we find that seeking Him leads us to love others. We can’t seek Christ without doing what He commands us to do, and He wants us to love our family and friends – sincerely.

imageThere are a lot of siblings in the Chronicles of Narnia. There’s the Pevensie children and Eustace, Shasta/Cor and Corin, and even though they’re not related, Shasta and Aravis; Polly and Digory; Jill and Eustace.

The Pevensies clearly have an unbreakable bond – and how does that translate to how they treat others? While I found this aspect of it ruined in the movies, it’s much more prominent in the books.

In the movies, Peter and Susan (in my opinion) don’t treat others with that same kind of brotherly kindness. Peter and Caspian fight, Susan and Caspian flirt. We could go into long discussions about whether it fit in the movie or not, but my purpose in bringing it up is not to bash the movie but to show that in the book, their characters didn’t act that way. Peter and Caspian got along quite well, and treated each other like brothers rather than rivals.

imageEdmund learns to love his siblings throughout the course of LWW. Even though he’ not really the huggy-type of person, you see a deep sense of love and care for his siblings as his character progresses – that translates to how he treats others.

Eustace obviously has no brotherly kindness to either his cousins nor those around him. But you see that as he grows, he grows to love his cousins, and it translates to those around him.

We see this in Jill & Eustace and Shasta & Aravis. While they’re not related, they love each other with a kind of unbreakable bond that – while they annoy each other and know each other’s quirks – they both have a mission; a goal they’re trying to reach for that unites them.

imageWhenever we are concerned about our own desires: Edmund’s self-fulfilling desires in LWW, Peter’s desire to be king and Susan’s desire for a steadier, self-fulfilling life in PC, Eustace’s beliefs and refusals, Lucy’s desire for beauty, and Edmund’s desire to be king in VDT, and Jill and Eustace’s desire to be warm and fed in SC. These are all conflicts within the characters that distract from the goal.

When we are focused on a person – whether ourselves or someone else – instead of the goal of knowing Christ – it breaks down these relationships.

imageEdmund and Caspian became much better friends when Edmund realized that he could not be king. Jill and Eustace became closer when they kept their focus on finding Prince Rilian. When they focused on Harfang, they were cranky, upset at each other, and forgot the whole point of what they were there to do.

It’s hard to choose to accept others and love them when they’re getting on our nerves. But when we’re willing to place Christ’s desires over ours, we’ll find that the fulfillment and satisfaction is far beyond words.

We have to place Christ as our priority, and then place loving others above ourselves.

imagePhilippians says Let nothing be done through selfish ambition or conceit, but with lowliness of mind let each esteem others as better than himself. Let each of you look out not only for his own interests but also for the interests of others.

 

 

 

Fonte: http://www.aslanscountry.com/2011/03/aslans-meditations-brothers-gotta-love-em/

Deixe um comentário »

Aslan’s Meditations: (8/11) Not Just Ungodly

Godliness. That’s a toughie, isn’t it? It’s broad, up in the air, and, like, way too hard to achieve.

That’s what’s next up in line in our series from 2 Peter 1:5-8.

But also for this very reason, giving all diligence, add to your faith virtue, to virtue knowledge, to knowledge self-control, to self-control perseverance, to perseverance godliness, to godliness brotherly kindness, and to brotherly kindness love. For if these things are yours and abound you will be neither barren nor unfruitful in the knowledge of our Lord Jesus Christ.

To be honest, while I was thinking about writing about godliness this week, I didn’t really know what it meant. It was…well…broad, up in the air, and, like, way too hard to achieve.

Some synonyms for “godly” (courtesy of my computer’s automatic thesaurus) are ‘religious,’ ‘devout,’ ‘holy,’ ‘pious,’ and ‘saintly.’

Boy if that doesn’t scream out “We live by works!” I don’t know what does. I certainly don’t think that’s what Paul is getting at here.

Let’s get a little broader picture by looking at the word ungodly. My thesaurus says ‘blasphemous,’ ‘profane,’ ‘disrespectful,’ ‘sinful,’ and ‘wicked.’

Okay, so that makes me feel a bit better. I mean, I don’t use profanity, disrespect God, or any of that stuff.

It kind of gives one the holier-than-thou sort of mentality. As Christians, we’re often so consumed with the idea of being a Christian and acting like a Christian that we forget the reason we are a Christian. Godliness isn’t being holy, pious, self-righteous and religious. It’s not about not being ungodly, either.

Let’s take a look at Webster’s New World dictionary, which simply says: devoted to God.

And from the back of my Bible it says: devotion to God; living according to God’s standards.

Read Psalm 1:

Blessed is the man who walks not in the counsel of the ungodly, nor stands in the path of sinners, nor sits in the seat of the scornful.

So often we stop right there, feeling pretty good about ourselves. It’s easy not to be ungodly; to be a good person, love as much as you can, try to be happy, not do drugs, stay pure till marriage….all of that bad stuff. I’m a pretty good Christian, right?

Keep reading.

But his delight is in the law of the Lord, and in His law he meditates day and night.

THAT’s godliness, right there.

Delight in God. Do we really delight in our Lord? It’s easy to fall into the mundane I’m-a-Christian sort of walk. But we are supposed to delight in God. Do I delight in my Heavenly Father the same way I delight in the things of this world? The people around me?

I don’t know about you, but I’m one of those people who are easily amused. I like things that flick, that sparkle, that bounce, that pop. :P Little things can make my day.

Does God make my day like that? That’s what delighting in Him is. Just living with that sheer joy of knowing that God is greater, bigger, stronger, and He’s your friend.

I want to go back to that definition mentioned earlier: living according to God’s standards.

This isn’t so hard to comprehend, really. We tend to go – yet again – into the mindset of just doing good. I mean, God’s standards are, like, doing good things, helping people, doing what’s right, not sinning…all that stuff. Right?

But it’s not just living according to God’s standards. It’s not living according to my standards.

Oswald Chambers writes,

To become one with Jesus Christ, a person must be willing not only to give up sin, but also to surrender his whole way of looking at things.

Remember when we talked about masks – the idols that blur our vision from what Christ wants us to see? Godliness isn’t just about not being ungodly – it’s forsaking our own idea of godliness for God’s idea of godliness. Living according to God’s standards means that my standards must become His.

So…why is godliness after perseverance? Why isn’t it sooner on the list?

Go back to that word devotion. Synonyms for that word are attachment, loyalty, dedication, attentiveness, commitment.

Early in the beginning of our Christian walk, when we’re doing all this diligence, faith, virtue, knowledge thing – that’s our initial commitment. We commit our lives to Christ, but then, suddenly, it’s not all the unicorns and rainbows we might have thought it was going to be. Life is rough, and God wants us to be purified for His glory. So He puts us through a lot of painful, tough things – teaching us to persevere. But through the perseverance, what holds true?

Our devotion to Christ. Our loyalty, our commitment.

Another one of those awesome synonyms for devotion is religious zeal.

Now that’s got a ring to it that we didn’t hear before. Zeal. Enthusiasm. Passion. Craze.

Delight.

See, we often think that just being good is enough. That just doing what’s right and not doing what’s wrong is enough to please God.

No.

God wants us running, full speed, unhindered, into His arms. Not just trotting along, but running. Full on. Not just forsaking all we have, but giving all that we have.

This is what it means to be godly.

imageLuke 14:28-30, 33-35 – For which of you, intending to build a tower, does not sit down first and count the cost, whether he has enough to finish it – lest after he has laid the foundation, and is not able to finish, all who see it begin to mock him, saying, ‘this man began to build and was not able to finish.’…so likewise, whoever of you does not forsake all that he has cannot be My disciple. Salt is good, but if the salt has lost its flavor, how shall it be seasoned? It is neither fit for the land nor for the dunghill, but men throw it out.

That sure is a mouthful. Let’s take this verse apart.

Verses 28-29:

For which of you, intending to build a tower, does not sit down first and count the cost, whether he has enough to finish it?

When we start projects, we look at the material we’re going to need, and plan out how much time it will take and how we will use the materials. When going on a trip, we list out what we need to bring, how long it will take, and how we are going to get there.

Jesus says that we need to look at the cost of following Him. He doesn’t want to scare people from being a Christian, but He wants you to know that it requires you to give up all you have – so that He can satisfy you completely.

Verse 30: lest after he has laid the foundation, and is not able to finish, all who see it begin to mock him, saying, ‘this man began to build and was not able to finish.’

Are we lukewarm Christians? We’ve built for ourselves a generation of Christians who are only halfheartedly following Christ. They don’t really care about what they believe and the implications it has on our lives. And what is the result? How does the world see us?

Do you know what the one word is that most non-Christians use to describe Christians?

Hypocrites.

Hypocrites!

Is that a life of godliness, of devotion to God? Have we really counted the cost of following Christ and gone through with it?

Verse 33: so likewise, whoever of you does not forsake all that he has cannot be My disciple.

He is no fool who gives up what he cannot keep – to gain what he cannot lose. (Jim Elliot)

Like I mentioned above, being godly isn’t just about not being ungodly. It’s about taking specific steps in devotion and love for Christ.

Verse 34: Salt is good, but if the salt has lost its flavor, how shall it be seasoned?

Godliness is good. Being godly is a great thing. But when we become so self-righteous and self-centered just because we’re not ungodly, Jesus says later in that verse that it is not fit for the dunghill.

Eww.

Jesus talks later in the Gospels that if we are lukewarm He will spit you out of His mouth.

Are we being lukewarm Christians? Not ungodly…but not really very godly either?

imageThe most  godly character that first comes to mind from the Narnia series is Reepicheep. Have you ever admired the devotion of that little guy? Not only has he given up his world, the pleasures of the world, and the safety of a nice little mouse hole, but he lives his life specifically using his talents and abilities to know and serve Aslan. His heart’s desire is what? To go to Aslan’s Country. To be with Aslan Himself.

But to reach that place, what does He do? He orders every aspect of His life to Aslan’s standards. Devotion. Godliness.

We worship the God who created the universe. The same God who parted the Red Sea, who provided for Elijah, who healed the blind and who raised Jesus from the dead – He is the one we strive after; and the one who gives us strength.

My challenge to you this week is to be flavored salt. Not just decent salt, but flavored salt. Never be satisfied with just not being ungodly, but strive for godliness – with all perseverance.

Fonte: http://www.aslanscountry.com/2011/03/aslans-meditations-not-just-ungodly/

Deixe um comentário »

Aslan’s Meditations: (7/11) Run With Endurance

A few weeks ago, I talked about diligence – and I contrasted it with perseverance. We saw how diligence was forming a lifestyle: taking small, daily, seemingly insignificant steps that make us who we are. Perseverance, on the other hand, was something different, and that’s what we’re going to talk about today in Part 7 of our series: Building on the Rock; from 2 Peter 1:5-8 (boy, that sounded organized and professional, didn’t it? Haha…) Previous entries are HERE.

But also for this very reason, giving all diligence, add to your faith virtue, to virtue knowledge, to knowledge self-control, to self-control perseverance, to perseverance godliness, to godliness brotherly kindness, and to brotherly kindness love. For if these things are yours and abound, you will be neither barren nor unfruitful in the knowledge of our Lord Jesus Christ.

I find it positively amazing how God has orchestrated so many details of my life to teach me the very things I’ve been writing about. Not only that, but the things He is teaching me are always specific to what I’m writing about that week. We serve an amazing God, do we not?

Oswald Chambers describes perseverance really well.

Perseverance is more than [just] endurance. It is endurance combined with absolute assurance and certainty that what we are looking for is going to happen. Perseverance means more than just hanging on, which may be only exposing our fear of letting go and falling. Perseverance is our supreme effort of refusing to believe that our hero is going to be conquered. (emphasis added)

More than endurance.

Have you ever had those types of days where you just don’t really care, and it’s all you can do to hang on, to endure the rest of the mundane, grueling things of the day before the day is over?

That feeling where you just don’t want to face life anymore.

My Mondays are like that a lot. (Mondays tend to be that way for a lot of people, I’ve found… :P ) It’s all you can do to stay awake, somewhat focused, and just stay alive through the day.

But perseverance gives more than just what is needed.

I don’t need much to get through a Monday. I can make it through without focusing on my classes, without giving my energy and participation, just to make it through the day.

But that’s less than my best, and it’s less than what God has called me to do – because when I do that, I can’t interact with people, encourage others, or learn anything God is teaching me – or my teachers, for that matter!

God calls us to persevere. Give it all you’ve got, because you’re doing it for the One who will sustain, uphold, and give you strength.

Perseverance means more than just hanging on, which may be only exposing our fear of letting go and falling.

If you’re able to, I’d like you to watch this video by Francis Chan. He’s the author of the book Crazy Love (which I highly recommend) and he illustrates this point perfectly.

Video embedding is giving me a hard time, so click HERE for the video.

Do you see what he’s saying here? We hold on to that beam, we give less than our best, just to survive, just to endure it – but how can we expect God to reward less than our best?

I personally used to be a gymnast for a long time before this crazy thing called life happened and I didn’t have time anymore. I was pretty good at it, too, while it lasted. I loved it – working hard for hours to achieve a certain skill, that satisfying *smack* when you hit the floor in a solid finish, the powdery chalk all in the air, swinging multiple feet above the ground, spinning around…*smack*

But the event I almost loathed with a passion was beam. Why? Because I was afraid of it. You’d think as a gymnast I’d have learned not to be, but I hated it. The thing is like less than 4 inches wide, and it doesn’t take more than landing an inch or so off center and *smack* – except this time it’s not a very satisfying one.

At one point, I was at a gymnastics meet, and I was absolutely in terror over a certain skill I had recently been working on – and failing at – which I had to perform at the meet. I was so worried about not falling off (you lose a lot of points if you do that) that all my form, poise, and elegance went completely out the window.

But at the end, of course, I landed, smiled at the judges, and gave a nice finish. What were my rankings? Really low.

What does this have to do with perseverance?

I was holding onto the beam, like Francis Chan was illustrating. I wouldn’t give all I was capable of because I was afraid of falling. I was just enduring it, trying to make it through the routine – instead of persevering.

One of my coaches would always say “just go for it. I wouldn’t say you could do it if I didn’t know you could.”

Do we trust Christ, when He says “go for it?” Do we trust that He has equipped us with all the skills, potential, and strength necessary to accomplish what He wants?

Oswald Chambers writes, The thing that really testifies for God and for the people of God in the long run is steady perseverance, even when the work cannot be seen by others. And the only way to live an undefeated life is to live looking to God.

See, unlike my gymnastics meet, where my coach, my friends, my family, and others were watching me – sometimes the only one watching us is God. There’s no one to encourage us, no one to tell us to press on. Sometimes we’re not even sure God is watching. But this…this becomes the ultimate test of our perseverance.

Perseverance is our supreme effort of refusing to believe that our hero is going to be conquered.

In those times, when you just want to get through the day, when it seems like no one is watching you; it is then that Christ is closest to us. It is those tiny moments that make a difference in our lives. The conscious choice to keep going.

Our hero will never be conquered.

imageHave you ever meditated on the power that the God we serve is unconquerable? Sometimes I fear I see God as just a little higher than me, but almost human. It stems from the fact that so often I see God as unreachable that I neglect to remember He is personal. But He’s also the God of the universe, Creator of all, Lord of the heavens, and He is undefeatable.

Unlike me.

Because on my own, I’ll give in to the temptation, the depression, the fears. But because my God is greater, I can rest in the confidence that He will bring me through.

Never lose heart. Never back down. We serve a God who is so much greater, bigger, and stronger than anything and everything we could ever imagine.

God is always greater than my depiction of Him.

Revelation 3:10 – because you have kept my command to persevere, I will also keep you from the hour of trial which shall come upon the whole world, to test those who dwell on the earth.

Notice that it is something God commands us to do. Persevere.

I’m often really afraid of just plugging on through. Because it’s not exactly a glamorous thing, you know? People don’t really praise you for that. They only see the end result; and they don’t see you when you’re fighting it. But it’s when you’re fighting, when you’re struggling to persevere, that makes all the difference.

imageIt reminds me of Puddleglum, in the Silver Chair.  He’s not all that glamorous of a figure, and not many people know him or care about him. He’s stuck in his ways, his outlook, but there’s something about him that keeps on pressing. He’s got this unwavering faith in Aslan that even when the signs, their circumstances, the events around them make no sense at all, when his brain is being clouded with ideas the Lady of the Green Kirtle puts in their heads, he plows through. He holds on, because even though He doesn’t feel Aslan there or see Aslan there, He knows Aslan is there.

Hebrews 12:1-2 Therefore since we are surrounded by so great a cloud of witnesses, let us lay aside every weight and the sin which so easily ensnares us, and let us run with perseverance the race that is set before us. Looking to Jesus, the author and perfecter of our faith, who for the joy that was set before Him endured the cross, despising the shame, and has sat down at the right hand of the throne of God.

I so love the last part of this verse – Jesus, the author and perfecter of our faith. Remember this post? About faith, our foundation? This passage gives us confidence that He will perfect us when we look to Him!

2 Corinthians 12:9-10 And He said to me, My grace is sufficient for you – for my strength is made perfect in weakness.”Therefore most gladly I will rather boast in my infirmities, that the power of Christ may rest upon me. Therefore I take pleasure in infirmities, in reproaches, in needs, in persecutions, in distresses, for Christ’s sake. For when I am weak, then I am strong.

Fonte: http://www.aslanscountry.com/2011/03/aslans-meditations-run-with-endurance/

Deixe um comentário »

Aslan’s Meditations: (6/11) Self-Control

Welcome to part 6 in our series from 2 Peter 1:5-8. I deeply apologize for not posting anything last week – I ended up being gone most of the weekend. Previous entries are HERE.

But also for this very reason, giving all diligence, add to your faith virtue, to virtue knowledge, to knowledge self-control, to self-control perseverance, to perseverance godliness, to godliness brotherly kindness, and to brotherly kindness love. For if these things are yours and abound, you will be neither barren nor unfruitful in the knowledge of our Lord Jesus Christ.

Today we’re going to be looking at the virtue of self-control. I find it extremely fitting that it’s right after knowledge.

I just returned from a speech and debate tournament – and these tournaments are interesting things. You work for weeks and weeks, late night after late night, to prepare for them. Gaining all this knowledge. All these skills – which are all put to the test at the culmination of the tournament.

And sometimes God blesses me with successes, and sometimes He wants me to learn from my failures.

The past two tournaments I’ve been at have neither been huge successes nor huge failures for me. I’ve won a couple awards in a few things, but I also haven’t placed as high as I’d like to in other things.

But this is where I’ve found self-control coming in. Learning to control all the knowledge and things I’ve learned – not getting cocky about what I’ve won, and not getting discouraged about what I’ve lost. It takes a ridiculous amount of balance.

The interesting thing about self-control is that word self. Meaning it’s something that you have to work for.  I’ve always had my parents around me, helping me to make decisions, guiding me. But as I’m getting older, they’re letting me do more things by myself. And I have to use discretion and care when I do things myself. Because it’s myself.

The number of things we have to use self-control in are absolutely endless – and it’s different for different people. Things like speech & debate tournaments, computer/internet time, eating chocolate, eating anything that’s good, really; reading books, spending time with friends – it can be a myriad of things.

But let’s go back at that word self. It’s something that takes discipline – because you have to do it yourself.

It’s one of those…nasty sort of things you have to discipline yourself to do. Because not very many people know about it – it’s a battle you fight yourself. The choices we make in control of the things Satan tempts us to do are not things that other people typically know about. We don’t yell “look, people! I’m fighting this temptation! And I’m winning – applaud me!”

We’d like to, though, wouldn’t we? We’d like people to know that we’re victorious, that we have self-control and can triumph over things. When we fail – well, we’d rather they not know about that.

But people don’t notice either aspect. It’s something you battle inside yourself – yet, it makes such a huge, huge impact on the way you live the rest of your life.

It may seem as if nobody knows you struggle with control in certain areas. And maybe they don’t need to know. The beautiful thing is that God knows – and the same God who raised Jesus from the dead, who healed the blind man, who created the world – is on your side.

imageIt reminds me a lot of Dark Island – where everyone was tempted in various ways. Nobody could hear what the other one heard, and no one’s battle was quite the same. Yet each of them had choices – to give into what they heard or to stand in self-control against it. And nobody but themselves knew what was going on.

But Aslan was there – in spirit – and gave them strength. And in the same way Christ will give us strength when we cry out to Him.

1 Peter 5:8-9 Be sober, be vigilant, because your adversary the devil walks about like a roaring lion, seeking whom he may devour. Resist him, steadfast in the faith, knowing that the same sufferings are experienced by your brotherhood in the world.

I also find it comforting to know that I’m not the only one who struggles with self-control. I give in. But I’m not alone. I mean – sin can be enticing sometimes; and even if it’s not blatantly sin, too much of a good thing can be a bad thing. You know, the right thing at the wrong time is the wrong thing?

But this is where we can ask others to keep us accountable. To mentor us. It may be called self-control, but God certainly doesn’t intend for us to live our lives all by ourselves.

1 Corinthians 10:13 says No temptation has overtaken you except such as is common to man; but God is faithful, who will not allow you to be tempted beyond what you are able, but with the temptation will also make the way of escape, that you may be able to bear it.

It’s comforting to know that Nothing – absolutely nothing – in this life that comes our way will be more than we can bear. But the thing is – we cannot bear any of it without Christ.

My challenge to you this week is to look at the little things that keep you from Christ.

Romans 6:21 says What fruit did you have then in the things which you are now ashamed? For the end of those things is death.

imageWhen faced with a challenge – a temptation or something you struggle with – take a step back and look at it. Ask yourself “Will I be ashamed of this later? Will I regret my reaction?” Learning to have self-control is not something that happens over night. It’s tiny – sometimes seemingly unfruitful – steps made in obedience to Christ.

God doesn’t call us to do giant things that the world will praise. He calls  us to take small steps of obedience with the little things He’s given right in front of us – to bring every thought captive to the obedience of Christ.

Fonte: http://www.aslanscountry.com/2011/03/aslans-meditations-self-control/

Deixe um comentário »

Ex-vice-presidente José Alencar morre aos 79 anos

O ex-vice-presidente da República José Alencar, 79 anos, morreu às 14h41 desta terça (29), no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, em razão de câncer e falência múltipla de órgãos, segundo informou o hospital.

Após conversar com Josué Alencar, filho do ex-vice, a presidente Dilma Rousseff afirmou em Portugal que o velório será no Palácio do Planalto, em Brasília, aberto à visitação pública e com previsão de início às 10h30.

"Foi uma grande honra ter convivido com ele. Vai deixar uma marca. Estamos muito emocionados", afirmou Dilma.

Na quinta (31), o corpo também será velado em Belo Horizonte, no Palácio da Liberdade.

Em Portugal, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chorou ao falar sobre a morte do ex-vice. "Conheço poucos seres humanos que tenham a alma de José Alencar, a bondade dele”, disse.

Primeiro ministro a se manifestar sobre o assunto nesta terça, Gilberto Carvalho, da Secretaria-Geral da Presidência, também se emocionou ao receber a notícia durante uma entrevista (saiba o que disseram outros políticos e personalidades).

A morte de Alencar também repercutiu no exterior. O presidente da República em exercício, Michel Temer, decretou luto oficial de sete dias.

Na UTI
Na última das várias internações, Alencar estava desde segunda (28) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Sírio Libanês, em São Paulo, com quadro de suboclusão intestinal.

O ex-vice-presidente lutava contra o câncer havia 13 anos, mas nos últimos meses, a situação se complicou.

Após passar 33 dias internado – inclusive no Natal e no Ano Novo –, o ex-vice-presidente havia deixado o hospital no último dia 25 de janeiro para ser um dos homenageados no aniversário de São Paulo.

A internação tinha sido motivada pelas sucessivas hemorragias e pela necessidade de tratamento do câncer no abdômen. No dia 26 de janeiro, recebeu autorização da equipe médica do hospital para permanecer em casa. No entanto, acabou voltando ao hospital dias depois.

Durante o período de internação, Alencar manifestou desejo de ir a Brasília para a posse da presidente Dilma Rousseff. Momentos antes da cerimônia, cogitou deixar o hospital para ir até a capital federal a fim de descer a rampa do Palácio do Planalto com Luiz Inácio Lula da Silva.

Ele desistiu após insistência da mulher, Mariza. Decidiu ficar, vestiu um terno e chamou os jornalistas para uma entrevista coletiva, na qual explicou por que não iria à posse e disse que sua missão estava “cumprida”.

Na conversa com os jornalistas, voltou a dizer que não tinha medo da morte. “Se Deus quiser que eu morra, ele não precisa de câncer para isso. Se ele não quiser que eu vá agora, não há câncer que me leve”, disse.

No mesmo dia, ele recebeu a vista de Lula, que deixou Brasília logo após a posse de Dilma.

Internações
Os últimos meses de Alencar foram de internações sucessivas. Em 9 de fevereiro, ele foi hospitalizado devido a uma perfuração no intestino.

O ex-vice-presidente já havia permanecido internado de 23 de novembro a 17 de dezembro para tratar uma obstrução intestinal decorrente dos tumores no abdômen. No dia 27 de novembro, foi submetido a uma cirurgia para retirada de parte do tumor e de parte do intestino delgado.

Alencar passou alguns dias na UTI Cardiológica e começou a fazer sessões de hemodiálise depois que os médicos detectaram piora da função renal. Em setembro de 2010, foi internado em razão de um edema agudo de pulmão.

No dia 25 de outubro, voltou ao Sírio-Libanês ao apresentar um quadro de suboclusão intestinal. Dias após a internação, ainda no hospital, sofreu um infarto no fim da tarde do dia 11 de novembro. Foi submetido a cateterismo, “que não mostrou obstruções arteriais importantes”.

Batalha contra o câncer
O ex-vice-presidente travou uma longa batalha contra a doença. Nos últimos 13 anos, enfrentou uma série de operações e tratamentos médicos. Foram mais de 15 cirurgias. Em abril de 2010, desistiu da candidatura ao Senado para se dedicar ao tratamento do câncer.

Desde 1997, foram mais de dez cirurgias para retirada de tumores no rim, estômago e região do abdômen, próstata, além de uma cirurgia no coração, em 2005.

A maior delas, realizada em janeiro de 2009, durou quase 18 horas. Nove tumores foram retirados. Exames realizados alguns meses depois, no entanto, mostraram a recorrência da doença.

Também em 2009, iniciou em Houston, nos Estados Unidos, um tratamento experimental contra o câncer. Alencar obteve autorização para participar, como voluntário, dos testes com um novo medicamento no hospital MD Anderson, referência no tratamento contra a doença. O tratamento não surtiu o efeito esperado e o então vice-presidente voltou a fazer quimioterapia em São Paulo.

José Alencar era casado com Mariza Campos Gomes da Silva e deixa três filhos: Josué Christiano, Maria da Graça e Patrícia.

Tratamento no exterior
O tratamento experimental nos EUA em 2009 não foi a primeira tentativa de Alencar de obter a cura fora do país. Ele já havia viajado para os Estados Unidos em 2006 para se tratar com especialistas. No ano seguinte, no entanto, os exames mostraram que o câncer havia se espalhado para o peritônio, uma membrana que reveste as paredes do abdômen.

29/03/2011 14h53 – Atualizado em 29/03/2011 18h41

Ex-vice-presidente José Alencar morre aos 79 anos

Nos últimos 13 anos, Alencar enfrentou batalha contra o câncer.
Ele passou por diversas cirurgias e buscou tratamento alternativo nos EUA.

Do G1

imprimir

José Alencar (Foto: Futura Press)O ex-vice José Alencar (Foto: Futura Press)

O ex-vice-presidente da República José Alencar, 79 anos, morreu às 14h41 desta terça (29), no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, em razão de câncer e falência múltipla de órgãos, segundo informou o hospital.

Após conversar com Josué Alencar, filho do ex-vice, a presidente Dilma Rousseff afirmou em Portugal que o velório será no Palácio do Planalto, em Brasília, aberto à visitação pública e com previsão de início às 10h30.

"Foi uma grande honra ter convivido com ele. Vai deixar uma marca. Estamos muito emocionados", afirmou Dilma.

Na quinta (31), o corpo também será velado em Belo Horizonte, no Palácio da Liberdade.

Em Portugal, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chorou ao falar sobre a morte do ex-vice. "Conheço poucos seres humanos que tenham a alma de José Alencar, a bondade dele”, disse.

Primeiro ministro a se manifestar sobre o assunto nesta terça, Gilberto Carvalho, da Secretaria-Geral da Presidência, também se emocionou ao receber a notícia durante uma entrevista (saiba o que disseram outros políticos e personalidades).

A morte de Alencar também repercutiu no exterior. O presidente da República em exercício, Michel Temer, decretou luto oficial de sete dias.

Na UTI
Na última das várias internações, Alencar estava desde segunda (28) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Sírio Libanês, em São Paulo, com quadro de suboclusão intestinal.

O ex-vice-presidente lutava contra o câncer havia 13 anos, mas nos últimos meses, a situação se complicou.

Após passar 33 dias internado – inclusive no Natal e no Ano Novo –, o ex-vice-presidente havia deixado o hospital no último dia 25 de janeiro para ser um dos homenageados no aniversário de São Paulo.

saiba mais

A internação tinha sido motivada pelas sucessivas hemorragias e pela necessidade de tratamento do câncer no abdômen. No dia 26 de janeiro, recebeu autorização da equipe médica do hospital para permanecer em casa. No entanto, acabou voltando ao hospital dias depois.

Durante o período de internação, Alencar manifestou desejo de ir a Brasília para a posse da presidente Dilma Rousseff. Momentos antes da cerimônia, cogitou deixar o hospital para ir até a capital federal a fim de descer a rampa do Palácio do Planalto com Luiz Inácio Lula da Silva.

Ele desistiu após insistência da mulher, Mariza. Decidiu ficar, vestiu um terno e chamou os jornalistas para uma entrevista coletiva, na qual explicou por que não iria à posse e disse que sua missão estava “cumprida”.

Na conversa com os jornalistas, voltou a dizer que não tinha medo da morte. “Se Deus quiser que eu morra, ele não precisa de câncer para isso. Se ele não quiser que eu vá agora, não há câncer que me leve”, disse.

No mesmo dia, ele recebeu a vista de Lula, que deixou Brasília logo após a posse de Dilma.

Internações
Os últimos meses de Alencar foram de internações sucessivas. Em 9 de fevereiro, ele foi hospitalizado devido a uma perfuração no intestino.

O ex-vice-presidente já havia permanecido internado de 23 de novembro a 17 de dezembro para tratar uma obstrução intestinal decorrente dos tumores no abdômen. No dia 27 de novembro, foi submetido a uma cirurgia para retirada de parte do tumor e de parte do intestino delgado.

Alencar passou alguns dias na UTI Cardiológica e começou a fazer sessões de hemodiálise depois que os médicos detectaram piora da função renal. Em setembro de 2010, foi internado em razão de um edema agudo de pulmão.

No dia 25 de outubro, voltou ao Sírio-Libanês ao apresentar um quadro de suboclusão intestinal. Dias após a internação, ainda no hospital, sofreu um infarto no fim da tarde do dia 11 de novembro. Foi submetido a cateterismo, “que não mostrou obstruções arteriais importantes”.

Batalha contra o câncer
O ex-vice-presidente travou uma longa batalha contra a doença. Nos últimos 13 anos, enfrentou uma série de operações e tratamentos médicos. Foram mais de 15 cirurgias. Em abril de 2010, desistiu da candidatura ao Senado para se dedicar ao tratamento do câncer.

Desde 1997, foram mais de dez cirurgias para retirada de tumores no rim, estômago e região do abdômen, próstata, além de uma cirurgia no coração, em 2005.

A maior delas, realizada em janeiro de 2009, durou quase 18 horas. Nove tumores foram retirados. Exames realizados alguns meses depois, no entanto, mostraram a recorrência da doença.

Também em 2009, iniciou em Houston, nos Estados Unidos, um tratamento experimental contra o câncer. Alencar obteve autorização para participar, como voluntário, dos testes com um novo medicamento no hospital MD Anderson, referência no tratamento contra a doença. O tratamento não surtiu o efeito esperado e o então vice-presidente voltou a fazer quimioterapia em São Paulo.

José Alencar era casado com Mariza Campos Gomes da Silva e deixa três filhos: Josué Christiano, Maria da Graça e Patrícia.

Tratamento no exterior
O tratamento experimental nos EUA em 2009 não foi a primeira tentativa de Alencar de obter a cura fora do país. Ele já havia viajado para os Estados Unidos em 2006 para se tratar com especialistas. No ano seguinte, no entanto, os exames mostraram que o câncer havia se espalhado para o peritônio, uma membrana que reveste as paredes do abdômen.

Iniciava-se, então, a série de cirurgias na região. Em 2008, foram três internações. Em janeiro e em julho, exames mostraram uma reincidência de tumores abdominais. Em agosto, Alencar começou tratamento com um novo medicamento, a Trabectedina.

Com a saúde fragilizada, o ex-vice-presidente também foi internado por outros problemas. Em novembro de 2008, durante uma visita a Resende (RJ), teve fortes dores abdominais. O diagnóstico foi enterite (inflamação intestinal). Segundo os médicos, não havia relação com o câncer. Vinte dias depois, ele foi internado novamente, com quadro de insuficiência renal. Recebeu alta dois dias depois.

Sempre bem-humorado nas sucessivas vezes em que deixou o hospital Sírio-Libanês, chegava a brincar com seu próprio quadro clínico. "Estou melhor do que das outras vezes", repetia.

Após a maior das cirurgias, em 2009, Alencar saiu do hospital dizendo que não temia a morte. “Não tenho medo da morte, porque não sei o que é a morte. A gente não sabe se a morte é melhor ou pior. Eu não quero viver nenhum dia que não possa ser objeto de orgulho", afirmou. “Peço a Deus que não me dê nenhum tempo de vida a mais, a não ser que eu possa me orgulhar dele.”

Problemas de saúde ‘paralelos’
O ano de 2010 começaria com uma boa notícia para o então vice-presidente. O tumor que tratava vinha apresentando redução, segundo o hospital.

Alguns meses mais tarde, no entanto, ele começou a ter problemas de saúde “paralelos” ao câncer.

No início de maio, numa das idas ao hospital para a quimioterapia, apresentou pressão alta. Exames apontaram isquemia cardíaca e uma “obstrução grave” numa das artérias.

Alencar então passou por um cateterismo e uma angioplastia e recebeu um “stent”, um mecanismo que “alarga” a artéria. No total, ficou nove dias internado.

No final do mesmo mês, queixando-se de fadiga, foi internado novamente. Após exames, o hospital constatou que ele estava anêmico e tinha um “quadro congestivo pulmonar”, consequência da quimioterapia.

O tratamento, no entanto, continuava a dar resultados positivos, com a redução dos tumores.

No final de agosto, contraiu uma infecção, que foi tratada com antibióticos. Ele seria internado novamente poucos dias depois, no início de setembro, com o diagnóstico de edema agudo de pulmão. Foram mais seis dias no hospital.

Fonte: http://g1.globo.com/politica/noticia/2011/03/ex-vice-presidente-jose-alencar-morre-aos-79-anos.html

Deixe um comentário »

Oi irá testar rede 4G em julho no Brasil

image

SÃO PAULO – A operadora Oi anunciou, hoje, [18/03/2010], em São Paulo que iniciará testes de redes de quarta geração no Brasil ainda no primeiro semestre deste ano.

De acordo com a tele nacional, os testes usarão redes móveis do tipo LTE (Long Term Evolution), uma evolução das atuais redes 3G. Atualmente, a Oi fornece serviços 3G que podem atingir até 7 Mbps.

Embora não tenha divulgado como funcionará sua rede 4G no Brasil, conexões com tecnologia LTE são capazes de oferecer conexões móveis de até 30 Mbps em países que já a adotam, como Estados Unidos e Japão.

Para montar suas primeiras redes 4G no Brasil, a Oi convidou quatro fabricantes internacionais de hardware, a Alcatel-Lucent, Nokia, Huawei e ZTE.

A experiência da Oi é interpretada por especialistas em telecom como uma forma da operadora credenciar-se para disputar os leilões de freqüência 2,5 GHz, que a Anatel deve realizar ainda este ano. Este leilão deverá liberar faixas para que as primeiras teles nacionais ofereçam redes móveis de alta velocidade.

O objetivo da agência reguladora é que as teles privadas tenham serviços estáveis de 4G em funcionamento ate 2014, ano da Copa do Mundo do Brasil. O grande fluxo de turistas para as sedes da Copa e o trabalho do staff de organização e cobertura jornalística da competição devem impulsionar o tráfego de dados em redes móveis no período.

A Oi, no entanto, ainda não divulgou as cidades onde os testes serão feitos, pois aguarda um estudo que irá identificar os locais onde não haverá problemas de interferência com serviços de TV paga via rádio (MMDS), que atualmente utilizam a freqüência de 2,5 GHz.

Apesar do desejo das teles e da Anatel de ter redes 4G estáveis em funcionamento até 2014, ainda há muitos problemas nas atuais redes 3G. De acordo com entidades de defesa dos consumidores, como Proteste e Procon-SP, os serviços de redes 3G são líderes de queixas dos consumidores.

Entre as principais reclamações estão o alto custo das conexões, falhas e intermitências nos tráfego de dados e indisponibilidade de rede 3G em muitas áreas do país.

Fonte: http://info.abril.com.br/noticias/tecnologia-pessoal/oi-ira-testar-rede-4g-em-julho-no-brasil-18032011-38.shl

1 Comentário »

Que graça!!!!

A reação do pequeno Emerson ao ver a mãe assoando o nariz acabou virando o novo hit na web. O vídeo em que o bebê fica horrorizado ao ver a mãe soprando o nariz já foi visto mais de 2 milhões de vezes no YouTube desde que foi postado no site, na segunda-feira.

A mamãe te assusta quando assoa o nariz?”, pergunta a mulher, que mora nos Estados Unidos.

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=N9oxmRT2YWw

Deixe um comentário »

Universitária morre durante apresentação de trabalho, no PR

Uma universitária de 33 anos morreu na sala de aula durante uma apresentação de trabalho, na Faculdade Internacional de Curitiba (Facinter), por volta das 21h de quarta-feira (16). De acordo com informações do diretor da faculdade Igor Marques, a estudante que cursava o 7º período de Administração – Comércio Exterior, sofreu mal súbito e desmaiou. Após o desmaio, ela foi atendida por um brigadista que estuda na mesma turma e por técnicos em segurança do trabalho da instituição, mas acabou entrando em óbito.

Um laudo do Instituto Médico Legal (IML) indicou que a estudante sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

As aulas na unidade Garcez da Facinter foram suspensas nesta quinta-feira (17).

Fonte: http://g1.globo.com/parana/noticia/2011/03/universitaria-morre-durante-apresentacao-de-trabalho-no-pr.html

Deixe um comentário »

Tirinhas…

 

 

Um casal dormia profundamente, como inocentes bebês…
De repente, lá pelas três horas da manhã, escutam ruídos fora do quarto.
A mulher se sobressalta e, apavorada, sussurra para o homem que dorme ao seu lado:
– Aaaaaiiiiiii, meu Deus, deve ser o meu marido!!!
O cara se levanta rapidamente e, ensandecido, pula pelado pela janela.
Na queda, se arrebenta nos espinhos de uma roseira e, quando sai da roseira, cai sentado com a bunda numa moita cheia de urtiga.
Todo machucado e coçando mais que cachorro vagabundo cheio de pulgas, ele volta irritado e diz à mulher:
– Sua louca, maluca, pirada do cacete… olha a merda que eu tô! Teu marido sou eu, pô!!!
– Ah, é?!?!? E pulou a janela porquê?

Moral da estória:
“Consciência pesada é um problema sério, muito sério…”

AMIZADE FEMININA

Certa noite, uma mulher não voltou para casa… no dia seguinte, ela disse ao marido que tinha dormido na casa de uma amiga… Desconfiado, o homem telefonou para as 10 melhores amigas da mulher, e… Nenhuma sabia de nada…
Moral da história: ô raça desunida.

AMIZADE MASCULINA

Certa noite, um homem não voltou para casa… No dia seguinte, ele disse à esposa que tinha dormido na casa de um amigo… Desconfiada, a mulher telefonou para os 10 melhores amigos do marido e… 08 deles confirmaram que ele tinha passado a noite na casa deles e 02 disseram que ele ainda estava lá…
Moral da história: ô raça filha da puta.

É época dos exames finais e a professora mandou que os seus brilhantes alunos escrevessem uma redação, onde fossem tratados os seguintes temas:

1- Monarquia
2 – Sexo
3 – Religião
4 – Mistério
Joãozinho levanta a mão e diz que terminou.
A professora sem acreditar pede que leia a sua redação.
Ele se levanta, pega na folha de papel, coça a garganta e diz:
‘Mandaram a Rainha Tomar no Cú. Meu Deus! Quem terá sido?’

A máfia estava com problemas de caixa, porque a polícia estava prendendo todos os cobradores e confiscava o dinheiro. Os chefões resolveram então contratar um cobrador surdo-mudo. Se o cara fosse preso, não diria nada. Na primeira semana, o cobrador consegue recolher 40.000 dólares. Dá uma coceira na mão, e ele decide ficar com a grana e colocá-la em lugar seguro. Uns dias depois, a máfia percebe que está acontecendo algo e manda um pessoal para ‘conversar’ com o cobrador. Os capangas encontram o surdo-mudo e perguntam-lhe onde está o dinheiro. O cobrador não consegue se comunicar, e a máfia manda buscar um intérprete. – Pergunte-lhe onde está a grana! ? diz um dos capangas. Por gestos, o interprete faz a pergunta ao surdo-mudo. O homem responde, também por gestos: – Não sei do que vocês estão falando… O interprete traduz aos capangas: – Ele disse que não sabe do que vocês estão falando… Um bandido puxa um 38, aponta-o para a cabeça do cobrador e diz, dirigindo-se ao intérprete: – Pergunte-lhe novamente onde o dinheiro está! O interprete faz a pergunta. Assustado, o surdo-mudo responde por gestos: – Desculpem, foi um momento de fraqueza. Os 40.000 dólares estão numa cavidade da terceira árvore em frente ao Museu Metropolitano de Arte, no Central Park. O intérprete vira pros bandidos: – Ele continua insistindo que não sabe do que vocês estão falando, diz que vocês são um bando de bichas e que ninguém aqui é homem pra puxar o gatilho…

Fonte: http://www.blogdomau.com.br

Deixe um comentário »

Enigma dos três santos

ENIGMA DOS 3 SANTOS

É galera o ano está acabando e esse vai ser o último enigma do ano hem! hehe, por isso resolvi pegar um pouco leve com vocês, o enigma de hoje é o Enigma dos 3 santos.
3 Santos
Um homem entra em uma igreja que tem 3 santos, se dirige ao primeiro santo e diz:
– Se você dobrar o que eu tenho no bolso, lhe dou 20 euros.
O santo dobra o que ele tem no bolso, o homem lhe dá os 20 euros, parte para o segundo santo e diz:
– Se você dobrar o que eu tenho no bolso, lhe dou 20 euros.
O santo dobra o que ele tem no bolso e o homem lhe dá os 20 euros e parte para o terceiro santo. Ao chegar, ele diz:
– Se você dobrar o que eu tenho no bolso, lhe dou 20 euros.
O santo dobra o que ele tem no bolso, o homem dá os 20 euros para o santo e fica sem nada no bolso.
Pergunta: Com quanto dinheiro o homem chegou na igreja?

 

Resposta: NO primeiro santo ele tinha R$ 17,50, dobrou e ficou com R$ 35,00; deu os RS20,00 e ficou com R$ 15,00; No segundo santo tornou a dobrar e ficou com R$ 30,00, doou R$ 20,00 e ficou com R$ 10,00 e no último santo tornou a dobrar e ficou com R$ 20,00 doou os R$ 20,00 e ficou sem nada..Assim dobrou três vezes e ainda ficou duro.

 

Fonte: http://www.blogdomau.com.br/2009/12/enigma-dos-3-santos.html

Deixe um comentário »

Terremoto moveu costa do Japão, alterou equilíbrio da Terra e reduziu duração dos dias

Dados da rede japonesa Geonet – recolhidos de cerca de 1,2 mil estações de monitoramento por satélite – sugerem que houve um deslocamento em grande escala após o terremoto.

Roger Musson, da agência geológica britânica (BGS, na sigla em inglês), disse à BBC que o movimento é “compatível com o que acontece quando há um terremoto deste porte”.

O terremoto provavelmente mudou também o equilíbrio do planeta, movendo a Terra em relação a seu eixo em cerca de 16,5 cm. O tremor também aumentou a velocidade da rotação da Terra, diminuindo a duração dos dias em cerca de 1,8 milionésimos de segundo.

A agência meteorológica do Japão propôs aumentar a magnitude do terremoto para 9.0. Isso faria do tremor o quinto maior da história desde que tremores começaram a ser registrados. Outras agências, no entanto, ainda não atenderam ao chamado.

Brian Baptie, também da BGS, explicou que o tremor ocorreu na Zona de Subducção, como é chamada a região onde duas placas tectônicas se unem – no caso do Japão, a Placa do Pacífico, a leste, e outra placa a oeste, que muitos geólogos acreditam ser uma continuação da Placa Norte-americana.

A Placa do Pacífico está se movendo para oeste sob o Japão. E, à medida que isso acontece, arrasta com ela a Placa Norte-americana para baixo e para oeste.

Quando o terremoto ocorreu, a placa que estava por cima deu uma guinada para cima e para leste, liberando a energia acumulada enquanto as duas placas estavam em atrito.

Isso mexeu com o leito do oceano, deslocando uma enorme quantidade de água – o que levou a um tsunami.

Ken Hudnut, um geofísico da agência de geologia dos EUA, em Pasadena, na Califórnia, disse à rede MSNBC que informações que dependem de dados de GPS como mapas, navegadores por satélite usados em carros e registros de propriedade terão que ser mudados no Japão após o terremoto.

“A rede nacional (japonesa) que define limites de propriedades foi mudada”, disse ele. “Cartas náuticas terão que ser revisadas por conta da mudança da profundidade da água”, afirmou.

Fonte: http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2011/03/110314_terremoto_impacto_ji.shtml

Deixe um comentário »

Cúpula de usina nuclear no Japão se curva como pedido de desculpas

A alta cúpula da Tokyo Electric Power Co. (maior concessionária de energia elétrica do Japão) se curvou nesta segunda-feira para se desculpar com a população japonesa pelos acidentes na usina nuclear de Fukushima. O vice-presidente Sakae Muto (à direita) e outros executivos tiveram essa atitude durante uma entrevista coletiva em Tóquio. Nesta segunda-feira houve uma explosão de hidrogênio em um reator da usina.

Fonte: http://extra.globo.com/noticias/mundo/cupula-de-usina-nuclear-se-curva-como-pedido-de-desculpas-1298712.html

Deixe um comentário »

Receita original da Coca-Cola é descoberta 125 anos depois, diz site

A receita da Coca-Cola, guardada sob sete chaves pelos proprietários da empresa durante 125 anos, deixou de ser um mistério, segundo um site que afirma ter descoberto os ingredientes em uma página esquecida de jornal. Como publicada nesta terça-feira (15/02) em seu site pelos produtores do programa de rádio “This American Life”, a fórmula original do refrigerante mais popular do mundo estava na fotografia que ilustrava um artigo sobre a história da Coca-Cola, publicado no jornal “Atlanta Journal Constitution” de 1979.

A imagem mostra uma lista de ingredientes escritos de próprio punho em 1886 por um amigo do criador da bebida, John Pemberton, em um livro de boticário passado de geração em geração que atualmente estava com uma mulher em Griffin (Geórgia), conforme “Thisamericanlife.com”. A Coca-Cola, que mantém a versão oficial de sua receita em um cofre em Atlanta que só dois funcionários têm a chave, não confirmou se a composição publicada é a correta.

Da lista publicada, a parte mais reveladora é a que explica como misturar o 7X, uma substância que só representa 1% da bebida, mas que é crucial para dar o sabor característico. Para a mistura do famoso ingrediente secreto são necessárias oito onças de álcool, 20 gotas de óleo de laranja, 30 gotas de óleo de limão, dez de óleo de noz moscada, cinco de óleo de coentro, 10 de óleo de neroli – das flores da laranjeira amarga – e 10 de óleo de canela.

O restante da bebida é elaborado com três onças de ácido cítrico, duas onças e meia de água, uma de cafeína, uma de baunilha, duas pintadas de suco de lima, uma onça e meia de bala para dar cor e uma quantia de açúcar que é ilegível na lista. A receita original inclui três copos de extrato de fluído de coca, um ingrediente que a companhia retirou do composto no início do século 20 após um corrente de críticas.

Resta saber se, além da eliminação desta substância, os proprietários da Coca-Cola aplicaram modificações substanciais na fórmula desde que Pemberton a projetasse. Para tentar comprová-lo, a equipe do programa radiofônico reuniu um grupo de analistas e de amantes da bebida em uma degustação da mistura obtida pela receita.

Segundo o site, a maioria dos que provaram não encontravam diferenças da Coca-Cola comercializada. “Acho que esta é de verdade uma versão da fórmula”, disse ao programa o historiador Mark Pendergrast, autor de uma história da bebida.

Fonte: http://epocanegocios.globo.com/Revista/Common/0,,EMI211386-16355,00-RECEITA+ORIGINAL+DA+COCACOLA+E+DESCOBERTA+ANOS+DEPOIS+DIZ+SITE.html

Deixe um comentário »

Frases da novela Ti Ti Ti

O que não faltou em “Ti ti ti” foram frases hilárias. Jaqueline, Dorinha, Lipe, Jacques, Ari e muitos outros personagens contribuíram com essa lista. De hoje, segunda-feira, até o próximo sábado, a coluna publica algumas das pérolas mais marcantes escritas por Maria Adelaide Amaral na trama, que termina sexta-feira.

“Mas quem é esse Jacques Leclair? O estilista da Viúva Porcina?”
Jaqueline ao ver as criações de Jacques pela primeira vez.

“Meu Deus! É a música da minha vida!”
A perua ao ouvir “Ilariê”, de Xuxa, na festa anos 80.

“Como se diz na França, são dez segundos na boca e dez anos no derrière”.
Dorinha proibindo as modelos de comer carboidratos.

“Por causa de amigas como você, Maria Antonieta foi para guilhotina”.
Ariclenes para Jaqueline.

“Está olhando o quê, duende fashion? Eu sou espada!”.
Jacques se defende quando o estilista Rony Pear elogia seu corpo.

“Você está mais pra Bridget Jones do que pra Gisele Bündchen”.
Dorinha ao conhecer Desirée.

“Ih, Olha a empregada querendo fala! Aqui não é novela de Manoel Carlos, não. Não estamos no Leblon”.
Jaqueline para a empregada de Jacques, que se metia numa conversa do casal.

“A moral virou peça de museu nesta era de licenciosidade”.
Pensamento do nerd Lipe

“É eu entrar em um hospital e meu cabelo perder o bilho na hora”.
Preocupação da patricinha Camila.

Deixe um comentário »

Apple contra-ataca questionamento da Microsoft sobre uso do termo App Store

imageNa última terça-feira (1/3), a Apple entrou com um pedido no órgão responsável por marcas e patentes dos Estados Unidos, com o intuito de indeferir o recurso da Microsoft, que quer impedir que a empresa criada por Steve Jobs tenha os direitos autoriais sobre o termo "App Store".
Em sua defesa, a Apple afirma que o pedido da Microsoft – apresentado em janeiro de 2011 -, no qual ela alega que "App Store" é um termo genérico e que pode ser utilizado por qualquer empresa que mantenha uma loja de aplicativos, não procede. Para tanto, a empresa de Jobs lembra que o mesmo raciocínio deveria ser aplicado ao Windows, que é uma das marcas mais reconhecidas da Microsoft, mas significa "janela" em inglês e, portanto, representa um termo bastante genérico.
Além disso, a Apple afirma que seus concorrentes já encontraram alternativas para designar as lojas de aplicativos, citando, inclusive, o próprio Windows Marketplace. "Como a Microsoft mesmo reconhece, esses concorrentes encontraram maneiras de nomear e descrever suas lojas de software sem usar o termo ‘App Store’", afirmou a Apple.
O pedido para registrar a marca "App Store" foi feito pela Apple uma semana após o lançamento da loja de aplicativos para iPhone, em 2008.

Fonte: http://olhardigital.uol.com.br/produtos/digital_news/noticias/apple_contra-ataca_microsoft_em_disputa_judicial_pelo_nome_app_store

Deixe um comentário »

%d blogueiros gostam disto: