JotaPêAh!

Conheça o Manteiga Rançosa

em 08/09/2010 16:26:17
Covardia nunca dá certo. Tudo bem quanto a ser cauteloso para não se meter em encrenca, mas o bom senso pode bem ajudar a se cuidar sem cair na covardia e ainda fazer feio na história.

Entre a tripulação do Peregrino da Alvorada um marujo se deu mal por conta de sua covardia. Não bastasse ter um apelido estranho, o de Manteiga Rançosa, o pobre ficou famoso como aquele que teve medo e perdeu grandes aventuras.

A tripulação do Peregrino da Alvorada precisava seguir para o Fim do Mundo, após a Ilha da Estrela, Caspian os convidou para seguirem adiante, vários tiveram medo porém acabaram confiando em seu líder. Apenas um não conseguiu vencer o medo e preferiu ficar com Ramandu e sua filha, comendo do banquete da Mesa de Aslam.

Manteiga Rançosa ficou aliviado quando o navio partiu e estava convencido de que tinha feito a melhor escolha: tinha um banquete para comer todos os dias e a companhia de duas estrelas.

Após alguns dias, o covarde notou o quanto havia se dado mal, foram dias chuvosos e era tão ignorante que não sabia apreciar a conversa com a filha de Ramandu. E para um medroso não era nada agradável comer ao lado dos quatro fidalgos adormecidos pelo encantamento.

A situação piorou com a volta de seus companheiros. Todos tinham muitas histórias a contar, ele não tinha assunto e se envergonhava ainda mais pela covardia.

Manteiga Rançosa arrependeu-se tão amargamente que não quis voltar para Nárnia, deixou o navio (desertou) e foi morar na Calormânia. Lá, de covarde passou a ser um mentiroso, contando histórias de aventuras que teria vivido no Fim do Mundo.

É muito fácil encontrarmos por aí, na escola ou no trabalho, diversos “Manteigas Rançosas”. Eles geralmente não tem assunto, mas falam muuuito… Contam histórias e vantagens que, na verdade, nunca viveram. A intenção é fazer com que os outros acreditem que são corajosos, sendo que não passam de covardes.

Se você conhece uma pessoa assim, tome cuidado pois esse perfil de companhia não oferece segurança alguma – ele pode lhe abandonar a qualquer momento. Porém, se você é um Manteiga Rançosa, resolva isso desde agora para não perder a oportunidade de viver grandes aventuras.

Nárnia precisa de pessoas corajosas e verdadeiras!

Sérgio Fernandes

Publicitário, criador do fã-clube Mundo Nárnia e escritor do livro Manual da Viagem do Peregrino da Alvorada.

E-mail: falecom@sergiofernandes.com.br


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: