JotaPêAh!

A ponte para o sempre – Richard Bach – Texto introdutório

em 15/10/2009 15:07:15

Pensamos às vezes que não restou um só dragão. Não há mais qualquer bravo cavaleiro, nem
uma única princesa a flanar por florestas secretas, encantando cervos e
borboletas com seu sorriso.

Pensamos às vezes que a nossa era está além das fronteiras, além das aventuras. Que o
destino já passou no horizonte, as sombras reluzentes já desfilaram há muito
tempo e se foram para sempre.

É um prazer estar enganado. Princesas e cavaleiros, encantamentos e dragões,
mistério e aventuras… não apenas existem aqui e agora, mas também continuam a
ser tudo o que já existiu nesse mundo.

Em nosso século mudaram de roupa, como não podia deixar de ser. Os dragões
ostentam hoje as vestimentas do governo, o terno do fracasso e a túnica do
desastre. Os demônios da sociedade guincham, turbilhonam sobre nós, se nos
atrevemos a virar à direita em esquinas em que nos mandaram virar à esquerda.
As aparências se tornaram tão insidiosas que princesas e cavaleiros podem se
esconder um dos outros, podem se esconder até de si mesmos.

Contudo, os mestres da realidade ainda nos encontram em sonhos para dizer que nunca
perdemos o escudo de que precisamos contra os dragões, que uma descarga de fogo
azul nos envolve agora, a fim de que possamos mudar o mundo como desejarmos. A
intuição sussurra a verdade: não somos poeira, somos magia.

Esta é uma história sobre um cavaleiro que estava morrendo e uma princesa que salvou
sua vida. É uma história sobre beleza, bestas, encantamentos e fortalezas,
sobre as forças da morte que parecem e as forças da vida que são. É uma
história sobre a aventura que, na minha opinião, mais importa, em qualquer era.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: