JotaPêAh!

Saga Oi

em 13/10/2009 13:19:45

“No dia 19/08, conforme protocolo 2009981016016, solicitei a alteração do plano do telefone fixo (69) XXXX-XXXX para o PLURI 276, que me dava direito a 500 minutos de franquia para ligações para telefone fixo e internet banda larga de 1 mb. O prazo que me foi passado para migração do plano foi até 25/08. No dia 25, falaram com minha mãe, informando que os minutos já estavam disponíveis, mas que seria necessário aguardar até 24 horas para alterar a velocidade da internet.
No dia 26/08, às 23:18, conforme protocolo 2009482973790, fui informado de que a solicitação para alteração de velocidade havia sido feita no dia 25/08, e não no dia 19, portanto, o prazo seria até o dia 28/08.
No dia 29/08, conforme solicitação 1072406-2009 ANATEL, às 10:50, falaram com meu pai (IVO), informando dia e hora para alteração da velocidade: 30/08 às 09:54.
No dia 30/08, às 21:26, conforme protocolo 2009283839345, fui informado de que o prazo era até 03/09.
No dia 01/09, conforme solicitação 1072406-2009 ANATEL, contrariando todas as informações passadas até então, foi informado que não havia disponibilidade para 1 mb.
No dia 04/09, às 17:30, conforme protocolo 2009385345763, fui informado de que a solicitação para alteração de velocidade havia sido feita naquele mesmo dia, com prazo até 07/09.
No dia 08/09, às 13:05, conforme protocolo 2009585935178, solicitei o cancelamento de toda a linha, sem multa, já que a OI ainda não havia conseguido fornecer por completo o serviço, mesmo 12 dias úteis depois da solicitação. Ninguém sabia o que estava impedindo a alteração, portanto, ninguém poderia garantir um prazo de solução do problema. Antes disso, às 12:50, protocolo 2009085929574, havia sido aberta a ordem de serviço 44305RO, com prazo até 15/09 para solução. Seria a sexta vez que mudariam o prazo.
No entanto, no dia 09/09, conforme registro na solicitação 1072406-2009 ANATEL, às 16:38, recebi uma ligação informando de que o problema havia sido resolvido com a disponibilização de 1 mb de velocidade, e que eu poderia desistir do cancelamento da linha. Como a situação que me levou a solicitar o cancelamento havia sido resolvida, não havia mais motivos para continuar com o cancelamento, então, eu aceitei. Nesse contato ficou acertado que o atendente finalizaria a solicitação na ANATEL e no dia seguinte me ligaria para confirmar minha opção pela desistência do cancelamento, já que eu precisaria confirmar se realmente a velocidade havia sido alterada. No dia seguinte, no novo contato, informei que a velocidade realmente havia sido alterada, e que eu continuaria com o plano.
No dia 14/09, Às 12:36, conforme protocolo 2009587601535, ao tentar solicitar a segunda via da fatura, fui informado que a linha havia sido cancelada, o que pude constatar ao tentar ligar para o número (69) XXXX-XXXX. Solicitei a reinstalação da linha, alegando cancelamento indevido. Pedido negado. Inclusive, a última informação recebida era de que essa linha nem estava no meu nome, e sim no nome de Jair Alves de Souza, embora estivesse com figuração em lista no meu nome e no meu endereço.
Insisto no cancelamento indevido, pois a própria OI me deu a oportunidade de continuar com o plano, e mesmo eu tendo aceito, foi feito o cancelamento.
Portanto, solicito a instalação de uma linha telefônica, com plano compatível com o PLURI 276, com no mínimo 1 mb de velocidade para internet, sem custo.”
A audiência já foi agendada para o dia 27/10, as 11:00. Agora é esperar para ver.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: